Review

Coffe Prince: O amor inesperado.

OOI AMORECOOOOOOS, como vocês já sabem, eu adoro indicar para vocês os melhores BLs do mundo, isso porque na maioria dos BLs acontece uma coisa que é: o amor inesperado. Isso porque na maioria dos casos, os protagonistas são “héteros”, e mais tarde se veem amando alguém do mesmo sexo, e na minha visão, esse é o tipo de amor mais verdadeiro, pois é um amor que você não quer, ou simplesmente não espera que aconteça, e é isso que mais me chama atenção nessas séries. Esse acontecimento não é exclusivo dos BLs, pois em dramas héteros, como o que eu vou falar hoje (que eu conheci graças a minha amiga super linda: Gaby Ranges), isso também pode acontecer, como por exemplo um cara “hétero” se apaixonar por outro, sem saber que ele na verdade é uma garota. O que só nos prova que o amor realmente não depende das genitálias.

 “Coffe Prince” é um drama sul-coreano de 2007 (exatamente, mas não se engane pela idade desse dorama) que conta a história de Go Eun Chan (Yoon Eun-hye), uma garota que aos 16 anos assumiu as contas da casa (pois seu pai a abandonou), agora com 24 ela muitas vezes é confundida com um cara e “se vira nos 30” para pagar as contas da casa, o colégio da irmã, etc. E quando eu falo que ela  se vira, eu quero dizer que ela REALMENTE TRABALHA SUPER, como por exemplo, ela é entregadora, professora de Taekwondo, etc. Mas a história realmente começa quando ela salva Choi Han-Kyul (Gong Yoo) de  um assalto, e mais tarde ele a contrata para ser seu namorado de mentira (ele não tinha reparado que Go Eun Chan era na verdade uma garota).

  Han-Kyul é um cara de família rica que não liga para trabalho, ele só quer viver sua vida ao máximo, mas as coisas mudam quando sua avó decide que já está na hora dele se casar, e passa a marcar para ele encontros às cegas, o que o rapaz não gosta nem um pouco, mas para atrapalhar as coisas, ele decide contratar o rapaz que o salvou de um assalto, para fingir ser seu namorado quando as garotas chegassem nos encontros que sua avó marcava. A princípio deu tudo certo, mas sua avó descobre o que estava acontecendo e decide lhe dar mais uma chance. Para testá-lo, ela diz para ele, junto com o atual dono, administrar uma cafeteria (já bem velha, surrada e que parecia ter sido esquecida pelo tempo), e ele deveria em alguns meses, triplicar os lucros dessa cafeteria, pois só assim ele provaria ser digno de ser seu herdeiro.

E como ele não é bobo, decide criar o “Coffe Prince”, uma cafeteria bem moderninha onde só se trabalham homens (para atrair o público feminino), e ele contrata “o” Go Eun Chan, que está desempregado. Mas as coisas complicam quando Han-Kyul percebe que sua admiração pelo garoto trabalhador está se tornando algo a mais… e como será que Han-Kyul vai lidar com esse amor tão diferente?? Será que Eun Chan vai conseguir contar pro crush que ela é na verdade uma garota, mesmo que seu emprego (que atualmente é a única fonte de renda de sua família) entre em risco????

  Para saber mais, você vai ter que assistir esse drama maravilhoso com uma pegada bem “Mulan”.

Uma coisa bem legal nesse drama, é que podemos ver o amor realmente nascendo, pois Han-Kyul  desde admirar a garra do garoto trabalhador que sustenta sua família, até mesmo notando o quão fofo ele fica quando está feliz. O que não é uma coisa fácil de se aceitar interiormente no mundo real, e eles retratam fielmente isso no drama, pois Han-Kyul  chega até a ir em um psicólogo para saber o que acontecendo em seu coração, pois nunca tinha sentindo nada por um homem, e não sente, exceto pelo Go Eun Chan.

  Esse drama é nota 100, pois não se concentra simplesmente nos protagonistas, mas também nos outros personagens como os “príncipes” que trabalham na cafeteria e tem personalidades bem variadas, ou o primo de Han-Kyul  que sabe que Eun Chan é uma garota e também passa a gostar dela (na verdade não vou falar muito dele porque ele vai ter uma matéria só para ele e a namorada piranha (na moral, não dá para respeitar aquela piranha)).

  Eu super recomendo esse drama que tem 17 episódios e uma trilha sonora incrível (que por acaso está até hoje na minha “Playlist” de favoritos) para todo tipo de pessoa, pois ele tem ótimas doses de comedia e drama, tudo isso envolta de um maravilho romance com uma pegada bem “teen” que eu sei que você vai amar mais a cada episódio (na moral, esse foi o primeiro drama que eu chorei, e eu chorei muuuuito em algumas cenas).


“Eu estou com muito medo de dizer a ele “

  Mas eu realmente quero saber se vocês também gostam desse tipo de amor inesperado, e se conhecem outro drama com essa mesma pegada???? Vocês já assistiram Coffe Prince????? O recomendam para os outros leitores???? Quero ler a opinião de vocês.

Beijos, P’Chai.

Enredo - 96%
construção de personagens - 93%
trilha musical - 100%
Evolução - 97%
capacidade de me fazer rir e chorar em um mesmo episódio - 100%

97%

Com um ar de “Mulan”, Coffe Prince nos mostra que o verdadeiro amor está no coração, e não nas genitálias, e é por isso que eu amo tanto esse drama que nos traz um turbilhão de emoções.

User Rating: Be the first one !

Etiquetas
Mostrar mais

P'Chai

olá sou P´Chai, provavelmente o garoto mais apaixonado por dramas BL que vocês vão conhecer rsrsrsrsrsrs. Serio, meu apelido deriva do termo tailandês Koong-Chai, que significa mimado, e todos que me conhecem dizem que me pareço com os personagens mimados dos dramas, como o Yo de "2Moons", ou, o Pete de "Love By Chance". por favor, me recebam com carinho. E se quiserem me mandar amor, vão lá no @_DearBoy_ (Twitter), que quem sabe não poderemos ser amigos??? beijos, P'Chai.

Artigos relacionados

shares
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas