Review

HE’S COMING TO ME “DECLARAÇÕES”

Olá pessoal estamos de volta para mais um review de HE’S COMING TO ME.
Bom meus amados, vamos dar continuidade a esse desvendar de mistérios
que está sendo essa série. No episódio passado descobrimos o verdadeiro
nome de “P’MES” e o local onde ele morava a 20 anos.

Rumo a esperança de descobrir mais sobre o passado, os amigos partiram em
direção as descobertas. Mas chegando ao local encontraram uma velha casa
vazia e algumas informações sobre a família do fantasma, mas nada que fosse
de muita ajuda. O que também gerou uma grande frustração no espirito
deixando ele meio triste e mesmo com essas informações sua identidade ainda
é um enigma.

O desanimo do amigo deixou Than emotivo e ao notar que em alguns
momentos a alma do fantasma fica quase que invisível, isso devido fato de Mes
se esforça demais com atividades humanas. Levando o amigo humano a
pensar que a qualquer momento ele pode desaparecer, o que de fato é
verdade. Diante do sentimento de perda tivemos uma maravilhosa surpresa.
Than enfim começa a aprofundar sobre seus sentimento em relação a P’mes e
com lagrimas escorrendo pelo rosto diz não querer se separar do mais novo
amigo.

Com esse momento muito fofo sobre a luz das estrelas, Mes lembra que está
próximo do amanhecer e que em alguns minutos é aniversario de Than. Com o
ar romântico eles resolvem fazer um pedido aos céus. (Esse foi um dos
momentos mais lindos desse episódio, onde os corações estavam abertos
deixando fluir a doçura e os sentimentos que há sabe quando você quer que a
cena congele? esse foi o momento).

Bem, depois dessa noite tocante, o dia foi o complemento da alegria
despertada. Enfim chegou o grande dia, o aniversário de P’Than. E ele com
receio de perdas futuras, resolveu aproveitar o presente com seu amigo,vivendo e proporcionando momentos felizes, dando a alma companheira
algumas aventuras  ainda que isso fizesse com que ele humano passasse por
louco, afinal conversava com alguém que somente ele pode ver.

Depois de muitas aventuras eis que a noite chega. E os outros amigos de Than
também querem comemorar com ele, mas antes de irem a festa resolvem dar
uma passadinha no shopping, para umas comprinhas. (Confesso que eu ia
amar ter o poder desse fantasma ao fazer compras, daria para inovar sempre o
guarda roupas). Mas vamos pular os meus desejos e vamos ao que interessa.

A festa começou bem animada, regada a muita bebida, e por falar em bebida!
Depois de alguns copos, resolveram brincar de verdade ou consequência. Não
se ouviu muitas verdades, mas os gestos e as expressões falaram mais que
palavras. Todavia, festas levadas a álcool sempre traz consequências e “Plai”
ficou bêbada. Para mim isso foi premeditado! O que a levou a dormir na casa
de Than, mas teve gente e espirito que não gostou nada disso.

Ambos no apartamento apesar da garota não saber que tem um hospede
mesmo que ela não veja, e ele não está gostando nada dessa situação. A
menina levada, com a ajuda de algumas latinhas de bebidas desperta seu lado
sedutor levando a um momento que acredito ter sido muito aguardado por ela,
mas terrível para outro ser presente na casa. Que mesmo sem ver podia sentir
o que acontecia do outro lado das paredes (O que eu chamo de beijo da dor),
que a princípio foi correspondido, mas não teve o sabor esperado pelo garoto
(O que me deixou muio feliz confesso). Pois sofri junto com o fantasminha que
abandonou o local.

Porque quando as dores de amor são despertadas nos recusamos a enfrentar
a situação. A noite passada abalou não somente os três no apartamento.
Também machucou alguém de fora.”Princes” Notando a tensão entre eles, sentiu
como facas perfurando seu peito! Logo encontrou uma maneira de extravasar
seus sentimentos no esporte e teve até companhia. Alguns deles enfrentam
seus medos com dureza, outros até batem de frente, mas estão fracos de mais
para se fazer presente.

Mes perdeu suas forças sofrendo por amor. Amor esse que até então achava
que apenas ele sentia, e para sua surpresa e nossa alegria, soube que também
despertava sentimentos em P’Than, que declarou o que sentia diante da mais
intensa situação.O medo de perder seu amigo que acaba de dizer que sente algo mais que
amizade. Então abriu seu coração do jeito mais puro e doloroso. Doía nele por
não saber como administrar seus sentimentos por alguém que está presente
em alma, mas não fisicamente, mesmo assim, não queria perde-lo. Doía no
espirito que já estava sem forças para pelo menos ser visto e ouvir as
explicações.

Levando os dois a uma noite sofrida ao relento, ambos estavam lá em prantos
um por não poder aparecer outro por saber que não estava sozinho só que
sem entender o porquê de não poder vê-lo.

Bom pessoal o final desse episódio é bem maravilhoso, mas não vou contar
corram e assistam! Ficamos por aqui, comentem se gostaram, continuem nos
acompanhando e até breve.

Confiram He’s Comming To Me no P’Tieris Fansub: https://ptierisfansub.com/portal/watch/hes-coming-to-me.html

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

shares
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas