Home Reviews Are You Human Too: Será possível um robô amar?

Are You Human Too: Será possível um robô amar?




Amores, hoje vou falar para vocês sobre um dorama muito comentado ano passado por ter a história centrada em um robô que se apaixona por uma humana. Ano passado nós tivemos um boom de robôs em dramas coreanos, muitas histórias abordando esse tema meio sci-fi e pelo menos dois fizeram grande sucesso, e vou falar para vocês sobre um deles.

Are You Human Too é um drama produzido e exibido pela KBS2, indo ao ar no segundo semestre do ano passado. Ele é protagonizado por Seo Kang-joon, que atuou no dorama Entourage (2016) e Gong Seung-yeon, que atuou anteriormente no dorama Meloholic (2017).

ALERTA DE SPOILER!

A trama conta a história de Nam Shin (Seo Kang-joon), que é o jovem neto de uma família muito rica e poderosa, que viaja para o exterior em busca reencontrar sua mãe e sofre um grave acidente e fica em coma. Então, sua mãe, Oh Ro-ra (Kim Sung-ryung), que é uma grande cientista nas áreas de ciência do cérebro e inteligência artificial, cria um androide idêntico ao seu filho, para substituí-lo enquanto ele se recupera do coma.

Nam Shin III, o androide, é muito semelhante fisicamente ao Nam Shin humano, mas eles possuem personalidades diferentes. Ele foi criado como filho por Oh Ro-ra e se tornou uma “pessoa” muito amável (latinha é um amor!). Mas, Nam Shin humano, por conta dos seus traumas do passado e da maneira que foi criado pelo seu avô, possui uma personalidade difícil e autodestrutiva (ele é um pé no saco!).

É extremamente necessário que o Nam Shin III assuma o lugar do Nam Shin humano, pois sua vida está sendo ameaçada devido a disputas pelo cargo de maior poder dentro da empresa, a presidência, já que o velho avô dele está querendo se aposentar.

Para poder fingir ser o Nam Shin humano com perfeição, Nam Shin III tem a ajuda do secretário e melhor amigo (na verdade é uma praticamente uma babá) do Nam Shin. E para proteger e evitar que as pessoas descubram que ele não é humano, eles contratam uma guarda-costas, Kang So-bong (Gong Seung-yeon), que vai acabar se apaixonando pelo Nam Shin III e ele também vai se apaixonar por ela (sim, é possível).

A trama tem um ritmo bem acelerado, devido às disputas pela presidência da empresa, as tentativas de assassinato do Nam Shin e as confusões do triângulo amoroso formado pelo Nam Shin III, Kang So-bong e a noiva do Nam Shin humano. O drama é cheio de cenas de ação, pois o Nam Shin III juntamente com a sua guarda-costas tem que sobreviver a muitas situações arriscadas.

Falando especificamente dos atores, Seo Kang-joon atua muito bem, mesmo tendo que fazer dois papéis, que são parecidos fisicamente, mas com personalidades totalmente opostas, é quase como um gêmeo bom e outro mal. Ele também atua emocionalmente, nos transmitindo as emoções de um robô que se sente humano já que foi criado como um, mas que passa a ser rejeitado por ser uma máquina (sofremos junto com o latinha nessas horas). Gong Seung-yeon também atua muito bem, indo de uma guarda-costas interesseira, para uma humana assustada e surtada quando descobre que o Nam Shin para quem ela trabalha é um robô, e finalmente, para uma mulher que passa a viver o dilema de ter se apaixonado algo não humano.

Apesar de não termos cenas de beijos tão empolgantes quanto o povo gosta, em minha opinião eles funcionam bem como casal, pois os momentos de carinho, cuidado e ternura são emocionantes e mostram à química e as emoções deles como casal. O casal secundário é formado pelo Nam Shin humano e noiva dele, que é mais uma relação unilateral, pois só ela está apaixonada (para mim eles se merecem porque são dois embustes).

Há também um núcleo cômico formado pela família da Kang So-bong (Gong Seung-yeon), que é muito divertido, e torna-se ainda mais quando eles passam a interagir com o Nam Shin III, quando os dois começam a namorar. Também vemos nesse núcleo o sentido de família refletido no pai da Kang So-bong, quando ele descobre que a filha dele se apaixonou por um robô e fica extremamente preocupado já que ele não sabe como isso pode funcionar.

Basicamente, esse dorama quer passar a mensagem que todos têm ou podem adquirir a capacidade de amar, como aconteceu com o Nam Shin III, ou podem se tornar pessoas melhores quando percebem que são verdadeiramente amadas, como o Nam Shin humano aprendeu.

Então amores, é isso que eu tinha para falar com vocês sobre Are You Human Too. Se vocês já assistiram, me digam o que vocês acharam também.

Vocês podem assistir esse kdrama no Kingdom Fansub: https://kingdomfansubs.forumeiros.com/

Bobby Ribeiro
Bobby Ribeiro
Bobby é Mineiro, tem 28 anos é formado em Pedagogia e Administração de Empresas pela Universidade Católica de Brasilia. Administrador e desenvolvedor da Boys Love Brasil. Atualmente Administrador Presidente da Boys Love Brasil.
Bobby Ribeiro
Bobby Ribeiro
Bobby é Mineiro, tem 28 anos é formado em Pedagogia e Administração de Empresas pela Universidade Católica de Brasilia. Administrador e desenvolvedor da Boys Love Brasil. Atualmente Administrador Presidente da Boys Love Brasil.
3,944FansLike
3,020FollowersFollow
6,548FollowersFollow
1,800SubscribersSubscribe

Mais Lidos

Tharn e Type: Um guia para entender e se apaixonar

Olá meus bombons de licor, tudo bom vocês? Hoje nós vamos falar sobre uma série que está prevista para estrear ainda esse ano e já...
%d blogueiros gostam disto: