Início Reviews Love Beyond Frontier: A busca pela real felicidade

Love Beyond Frontier: A busca pela real felicidade

73
0

Amores, hoje vamos falar sobre um lakorn que está sendo bem aguardado, mesmo não sendo BL, pois não vivemos só de BL, queríamos, mas não dá. Love Beyond Frontier é um lakorn hétero, baseado na novel tailandesa Ubat Rak Kham Khop Fa, que conta a história enrolada de um quadrado amoroso, formado pelos 4 personagens principais: Wang, Win, Pat e Ple. Na série da gmmtv os atores que dão vida aos personagens são Krist Perawat (Wang), New Thitipoom (Win), Namtan Tipnaree (Pat) e Jane Ramida (Ple).

A história começa com a vinda de Wang, um jovem, filho de pai chinês e mãe tailandesa, que nunca conheceu a mãe e decide ir para Tailândia procura-la, mesmo sem conhecer nada e nem ninguém no país. Quando chega ao aeroporto, quase é atropelado e acaba conhecendo Win e Ple. Depois, indo ao endereço da antiga casa dos seus pais, na esperança de encontrar sua mãe, ele encontra uma moça que está alugando essa casa, Plat.

Cada um desses personagens irá formar um lado desse quadrado amoroso engraçado e complicado. Então, vamos conhecer um pouco sobre cada um deles:

Wang é um jovem bom, inocente e com uma história triste de vida. Ele foi criado somente pelo pai na China e cresceu ouvindo que tinha sido abandonado pela mãe, que tinha fugido do seu pai de volta para Tailândia. Por isso, ele sente tanta falta da mãe, que vai atrás dela mesmo sem saber como ela se parece. Ele carrega toda a parte dramática do drama, por conta do seu suposto abandono.

Win é um jovem de família rica, mimado, que sempre tem tudo o que deseja na vida, pois a mãe faz todas as suas vontades. Ele resolve sair de casa para ir morar na pensão da sua amiga de infância, Ple, pois ele é secretamente apaixonado por ela e acha que estando próximo dela, vai poder se declarar e conquista-la.

Pat é uma jovem que trabalha como blogueira de viagens em Bangkok. Ela se mudou de sua cidade no interior para poder trabalhar no que deseja e ter independência dos seus pais, já que sua mãe é uma mulher conservadora e controladora, e quer que ela tenha um emprego “normal”.

Ple é uma jovem recém formada, que administra uma pensão para hóspedes estrangeiros em Bangkok, principalmente chineses, pois assim ela pode melhorar seu mandarim. Ela vem de uma família rica, mas quer ser independente do pai e não quer trabalhar na empresa dele.

Nos seus dois primeiros episódios, foi possível ver que esse lakorn vai equilibrar cenas dramáticas e engraçadas praticamente em todos os episódios, pois teremos Wang sofrendo pelo suposto abandono de sua mãe e várias confusões quando os quatro se encontram.

Já no primeiro episódio (SPOILER), temos Wang chorando pela morte do pai e contando, ainda chorando, sobre o suposto abandono de sua mãe (Krist chora com tanta facilidade, que dói), quando decide ir para Tailândia. Porém, mesmo com tudo isso, ele ainda é uma pessoa que sempre procura ver o lado positivo. Tudo dá errado pra ele quando chega na Tailândia, ele vai até parar no hospital, mas ainda assim ele coloca um sorriso fofo no rosto só porque sabe onde dormir (Aí vemos isso e choramos de novo).

Vemos também a confusão ser criada quando Win quase atropela Wang em frente ao aeroporto, e quando Ple vai tentar ajudar ele a se levantar, cai por cima dele e eles acabam por se beijar (sim é clichê eu sei, mas ainda é fofo). Win claro, já está morrendo de ciúmes do Wang e cria logo uma confusão. A partir daí, está formado o triângulo amoroso (que depois será um quadrado).

Continuando a procura por sua mãe, Wang conhece Pat, que está alugando a casa que os pais dele moravam quando viviam na Tailândia. É uma grande confusão quando eles se conhecem porque ela pensa que ele é um psicopata (ela é meio louquinha), mas tudo acaba sendo explicado. Mesmo assim, ela não aceita que ele fique na casa num primeiro momento (quem ia colocar um estranho para dentro de casa), mas Wang se mete em mais confusões, acaba indo parar no hospital e ela deixa que ele fique na sua casa.

As confusões só aumentam quando os pais de Pat chegam de surpresa e encontram Wang na casa com Pat. Ele acaba resolvendo ir embora, mas antes descobre onde está sua mochila (ela foi trocada, vocês vão ver como) e reencontra Ple e Win. Então temos aí o vislumbre do quadrado amoroso, pois Win gosta da Ple, que parece está encantada com Wang, que parece estar interessado em Pat, que não percebeu ainda o interesse de Wang mas morre de raiva do Win, pois acha ele um idiota (ela não tá errada).

Como eu disse antes, na minha opinião, Love Beyond Frontier vai se equilibrar bem entre o drama e a comédia o tempo todo, sendo que a carga dramática está muito mais relacionada ao Wang do que aos outros. Acredito que o quadrado amoroso do drama vai nos render boas risadas, mas que também choraremos muito com o Krist quando Wang enfim reencontrar sua mãe.

Bom, meus amores, era isso que eu contar para vocês sobre Love Beyond Frontier. Espero que vocês assistam e se divirtam. Comentem o que vocês acharam aqui, quero saber a opinião de vocês também.

Vocês podem acompanhar Love Beyond Frontier no P’Tieris Fansub: https://ptierisfansub.com/portal/watch/love-beyond-frontier.html