Olá pessoal, em mais uma matéria, vamos contar em poucas palavras, um pouco do que se passa com pessoas famosas que são homossexuais assumidas. “MAYSSA PESSOA”

é uma entre muitos, que vive sua sexualidade com liberdade. Ela é assumida, diz estar certa do que quer e não mente sobre isso. Mas sofreu e sofre com o preconceito por sua escolha sexual,sendo ela uma das representantes da causa no esporte,uma vez que é goleira da seleção feminina de Handebol. Por sua competência no handebol foi batalhar fora do país por uma carreira internacional,sendo deveria colocar “sendo” por um clube da Rússia um dos países mais preconceituosos entre tantos que há.A atleta conta alguns fatos que já aconteceram em relação ao preconceito dos nativos. Diz ter receio de sair a rua sozinha, não vai a bares, festas ou entra em taxes sem acompanhante, pois nesses lugares as pessoas ficam olhando feio por saber quem ela é e por causa das tatuagens. Já sofreu xingamentos, foi vaiada e até cuspida no rosto. Mas dos muitos males ainda há um bem mais complicado: o presidente do clube que a contratou não esconde seu desafeto por homossexuais.É respeitada por todos pelo seu profissionalismo, mas o desgosto por sua sexualidade  acaba sendo constrangedor. Há muitas regras a seguir para não ter motivos para confusões e problemas que envolvam o nome do club.

Apesar de ser bem tratada e respeitada, os olhares de reprovação sempre existem. Foi vítima de homofóbicos não só na Rússia, mas também na Romênia onde o um que se diz cidadão cuspiu em seu rosto. Mayssa fala que respeita todos esses lugares apesar de ter sido hackeada e atacada no instagram, enfrentado desafetos em alguns momentos. Não se intimida. Aprendeu a lidar com isso e continua desempenhando seu trabalho, mesmo sabendo que os comportamentos abusivos do país não irão acabar. Bom pessoal, isso é mais um pouquinho dos muitos casos que pessoas comuns e famosas passam por almejar ser livre para amar quem desejar.