Home Matérias Quais são os países mais seguros para a comunidade LGBTQI+?

Quais são os países mais seguros para a comunidade LGBTQI+?




VOOOOOLTEI, e dessa vez não vou indicar um filme ou série, hoje, eu quero falar com você, “mana” Ryca, ou que está juntando dinheiro para viajar para outro país, pois na matéria de hoje vou falar sobre OS MELHORES PAISES PARA OS LGBTQ+ (segundo um estudo realizado pela “ONG Expert Market), tanto para visitar quando para morar. Então apertem os cintos vamos juntos nesse top 5.

5° Espanha

Em quinto lugar temos um país latino que eu realmente adoro, e ele não atrai turistas simplesmente por sua cultura e passeios, mas lá os LGBTQ+ são muito bem recebidos, principalmente se estão fugindo de seu país onde na maioria dos casos, ainda perseguem os homossexuais social e politicamente (como no caso do Fady, um “”sítio”” que aos 30 anos foi seriamente espancado por bandidos contratados por seus pais, para assim ele recebesse um aviso para não ser gay. Depois de dois meses do ocorrido ele foi para Madrid, onde ganhou “asilo político” e refez sua vida). Outra coisa que super atrai os LGBTQ+ são as festas, que são gigantes e super animadas, e que atrai LGBTQ+ de todo o mundo (Eu sinceramente os recomendo pesquisar vídeos e procurar um agente de viagens, porque vale muito a pena).

4° Áustria

De verdade, esse merece bastante respeito, não simplesmente por aceitar e respeitar os gays, mas também por ter legalizado o casamento entre pessoas do mesmo sexo simplesmente por achar a “união estável” discriminatória, isso mesmo, a suprema corte esse ano (2019) percebeu que a união estável não é igual a um casamento mesmo, e estão legalizando o casamento “gay” no país, que tem muitos pontos turísticos e atrai muuuitos gays principalmente pelo seu foco na moda, tendo como principal ponto turístico: Viena, que é muito lindo, romântico e fashion.

3° Croácia

Esse país super chique fica na Europa e é conhecida não só por suas ilhas paradisíacas (lá tem 1.185 ilhas), mas também por ter a “melhor praia da Europa”.

No assunto LGBT, na Croácia já é crime a discriminação por orientação sexual e pessoas do mesmo sexo já podem ir para o exército e se casar sem preocupação. Embora a adoção por pais LGBTs ainda precise evoluir bastante, os LGBTs já podem ser reconhecidos como guardiãs legais dos filhos de seu parceiro (a).

2° Dinamarca

  Esse país nórdico é perfeito se você sempre sonhou em ser uma princesa, pois ele é cheio de palácios, castelos, um clima bem agradável, e ainda é bem “Vintage”, ótimo para umas fotos ‘Tambri’ kkkkkk, lá realmente vai fazer você se sentir parte da realeza.

Sobre os LGBTQ+, lá isso não é mais nem assunto, pois ele está entre os dez primeiros países da Europa no “Rainbow Index”, que analisa os países sobre os direitos LGBTs em relação ao casamento e adoção.

Na Dinamarca os LGBTs podem se casar, não só no civil mas também no religioso, e adotar crianças sem grandes complicações (com direito até mesmo a licença maternidade/ paternidade), e você raramente sofrerá algum tipo de discriminação, e se for, lá tem serviços específicos para esse tipo de denúncia. Além de lindo, esse país não faz diferença entre os LGBTs e os Héteros.

1° Malta

Sério sempre foi meu sonho ir a Malta, que é composto por 5 ilhas, mas apenas 3 são habitadas. O que mais me chamou atenção lá, sempre foi as suas praias e baías que são de águas cristalinas e variam de um verde esmeralda até azul turquesa (como na “Blue lagoon”, que é turquesa ao ponto de doer os olhos). E para os Fãs de series, várias cidades e pontos turísticos de Malta foram usados como cenário na série “Game Of Thrones”, por causa das construções antigas e bem conservadas.

Malta tem a segunda menor taxa de desemprego de toda Europa, fora que o custo de vida lá é bem barato, tornando o país um ótimo destino para intercâmbistas e visitantes que querem uma experiência incrível, gastando pouco. E lá tem o maior número de leis que protegem os LGBTs, como: a legalização do casamento homoafetivo, a legislação que combate a LGBTfobia e a prisão dos médicos e profissionais de saúde que submetem os pacientes a terapias de “cura gay”. E além de assim como a Dinamarca, lá LGBTs já não são mais um assunto a se discutir, são cidadãos comuns.

Entããããão pessoal, qual pais pareceu mais interessante, e em qual vocês iriam morar???? Se for Malta, bora marcar para mudar juntos!!!! Kkkkkkkkkk. Deixe nos comentários a sua opinião, vou estar esperando.

Lembre-se: ORGULHE-SE

Beijo, P’Chai.

 

biel
biel
Biel, ou P'Chai, é estudante de administração e ama musicais tanto quanto aos seus BLs. Esse Babii de coração também começou a escrever Fanfics, que estão disponíveis no Wattpad da Boys Love Brasil. Por favor, cuidem bem dele.
Previous articleWILL & WILL
Next articleFILME THE NORMAL HEART
biel
biel
Biel, ou P'Chai, é estudante de administração e ama musicais tanto quanto aos seus BLs. Esse Babii de coração também começou a escrever Fanfics, que estão disponíveis no Wattpad da Boys Love Brasil. Por favor, cuidem bem dele.
3,721FansLike
2,969FollowersFollow
6,077FollowersFollow
1,800SubscribersSubscribe

Mais Lidos

Uma breve síntese sobre a entrevista com um brasileiro residente na...

Olá, pessoal, tudo bem? Hoje, a matéria será um pouco mais curta, pois o foco na verdade, não é este texto, mas sim, o...

“Eu levanto essa bandeira”

%d blogueiros gostam disto: