Home Reviews Theory of Love – Tudo que quero esquecer

Theory of Love – Tudo que quero esquecer




Amores, vamos mais uma vez ter a nossa dose de sofrimento semanal com Khai e Third. Já estamos no sexto episódio do BL, passando raiva o tempo todo e quando achamos que não pode piorar, o Khai vai lá e faz o quê? Piora o que já está ruim!

O texto abaixo contém SPOILERS!

Esse episódio faz referência ao filme “Brilho Eterno de uma mente sem lembranças”, já que Third quer desesperadamente apagar as lembranças ruins dele com Khai e manter somente as boas. Quem nunca quis isso na vida não é?

No início do episódio vemos Khai e Third juntos, indo fazer compras no shopping (era um batom para outra mina do Khai mas tudo bem), conversando, Khai sendo bom e comprando até um presente para o Third, e tudo isso nos faz pensar que está tudo ótimo entre eles. Claro que nós estávamos completamente enganados!

Logo depois dessa falsa paz vemos a cena do aniversário do P’Cent (quem leu a novel sabe quem é), um veterano que vai ser bem importante no desenrolar do relacionamento de Khai e Third (é alguém que mais tarde vamos querer dar na cara!). É no banheiro desse bar que acontece o beijo que todo mundo queria ver, mas que depois que viu, com certeza quis desver (eu quis e ainda quero).

 

 

 

 

 

 

Depois de ver o vídeo que Third gravou e deixou privado só para ele no facebook (lê-se invasão de privacidade), Khai tem a brilhante ideia de fazer o que for preciso para acabar com os sentimentos do amigo por ele, porque acha que assim eles poderiam voltar a ser como antes (sim, ele é um estúpido). E para completar seu plano “brilhante”, chama uma amiga para fingir ser sua namorada na frente de todo mundo, para que Third esquecesse esse sentimento. Mas é claro que deu tudo errado!

Após mais esse sofrimento Third resolve se afastar de Khai e consequentemente de Too e Bone também. Ele começa a escrever o roteiro da peça da faculdade deles, na qual P’Cent é o diretor, então eles começam a passar mais tempo juntos e Third se afoga cada vez mais no trabalho, justamente para evitar pensar e para se manter distante de Khai.

Mas, isso tem um efeito bem diferente do que Khai esperava. Quando Third se afasta dele, ele fica perdido, sem saber como agir e o que fazer a seguir, pois ele esperava e queria que eles voltassem a ser como antes (algo bem impossível na minha opinião). Como não está conseguindo lidar com tudo isso, ele foge para interior, para casa de um amigo mais velho dele, e é lá, que Khai começa a refletir sobre sua vida, tudo que está acontecendo e se questionar se ele está realmente agindo certo. E enfim, começa a perceber que pode ter um sentimento que não seja só amizade pelo Third (o que uma falta não faz né).

 

 

 

 

 

Assim como na novel, mas nos capítulos finais somente, estamos vendo o desenvolvimento do possível casal secundário, P’An e Too. Na minha opinião, já vemos o interesse claro de P’An quando ele leva o junior para comer em um restaurante que nunca havia levado outra pessoa e quando ele vai até a casa de Too checar como ele está, depois de saber que ele está gripado, e termina o trabalho que Too devia fazer.

Para mim, Too ainda não percebeu qual de fato é o real interesse de P’An, e está só achando que ele tá usando seu segredo para fazer com ele trabalhe de graça. Mas, quando P’An revela que a única pessoa que ele levou nesse restaurante havia sido ele, acredito que no mínimo deve ter dado um “click” na cabeça de Too, como sendo algo que devesse prestar mais atenção.

Temos também a formação, ou não, de um casal hétero, com Bone e a recém descoberta professora de edição. Eu fiquei bem surpresa por ela ser professora deles (aquelas coincidências fdp), pois isso me faz não ter a menor ideia de como o relacionamento deles vai se desenrolar, já que sinceramente pensei que eles só iam se envolver e pronto. Também achei interessante colocarem um interesse amoroso fixo para o Bone, já que na novel ele só é um pegador como Too e Khai.

Com o próximo episódio vamos passar da metade do BL e passaremos a ver as coisas pela ótica do Khai. Preparem-se para mais algumas raivas, algum sofrimento mas também alguns refrescos, assim espero. Comentem comigo e não me deixem sofrer sozinha.

2,719FansLike
2,580FollowersFollow
5,535FollowersFollow
1,800SubscribersSubscribe

Mais Lidos

Uma breve síntese sobre a entrevista com um brasileiro residente na...

Olá, pessoal, tudo bem? Hoje, a matéria será um pouco mais curta, pois o foco na verdade, não é este texto, mas sim, o...

ANITTA TAILANDESA!!!

OS INTOCÁVEIS!!!!