Home Entrevistas Uma breve síntese sobre a entrevista com um brasileiro residente na Tailândia

Uma breve síntese sobre a entrevista com um brasileiro residente na Tailândia




Olá, pessoal, tudo bem? Hoje, a matéria será um pouco mais curta, pois o foco na verdade, não é este texto, mas sim, o podcast (ou entrevista) que fiz em nome da Boys Love Brasil com o Tiago, um brasileiro que atualmente vive na Tailândia, e que aceitou responder algumas perguntas nossas a respeito de sua rotina. Inclusive, quero agradecê-lo mais um vez por ter aceitado. Tiago, muito obrigado, viu? 

Sucintamente, para você, leitor, que não conhece o nosso entrevistado, o Tiago é formado em História, possui mestrado e também doutorado, é carioca e tem 34 anos. Conheceu o Budismo, religião a qual pertence, na própria cidade devido ao contato com templos e também à sua curiosidade em aprender cada vez mais sobre o assunto. Nesse contexto, investigou mais sobre a história da religião e, aí, começou a se envolver com a Tailândia. Não quero dar mais spoiler sobre o nosso convidado especial, se quer saber mais, ouça a entrevista. 

Em relação as perguntas, foram dez ao todo, mas é claro que sempre estendendo um pouco além do planejado. Para se ter uma ideia, a nossa conversa durou, sem edições, exatamente duas horas! 

Basicamente fizemos três tipos de perguntas: as primeiras tinham uma temática mais corriqueira, queríamos saber a respeito da rotina dele, obrigações e, claro, o que o motivou a se mudar para lá. Também questionamos sobre as adaptações, as primeiras impressões e eu obtive uma surpresa (não direi qual foi, haha, mas foi agradável). 

Em seguida, aumentamos o grau de dificuldade, no sentido de como ele notou as diferenças sociais, econômicas e políticas entre o Brasil e a Tailândia. E, confesso que eu amei, pois ele sanou muitas dúvidas que eu tinha a respeito do país, da cultura e entre outros. Sério, se você, assim como eu, é uma pessoa encantada com os países asiáticos, sobretudo, com a Tailândia, é nevrálgico ouvir essa entrevista. 

Por fim, procurei inquiri-lo a respeito da religião, comida e BL’s (tudo a ver, né?) . Aqui, eu preciso me confessar… (Momento Confissão) Eu fiquei chocado ao descobrir que o Oishi Gyoza (que, segundo ele, se pronuncia “Gyossa”) é um chá e não um suco. Ok, isso não é motivo de se abalar, mas eu sempre achei que essa bebida encantadora (obs: eu nunca experimentei, não ainda) é tipo um Mate Leão gelado… Mas eu amei saber disso também. Outrossim, ainda sobre as curiosidades, aprendi muito sobre a origem daqueles nomes imensos thai e a origem dos apelidos. Resumindo, tá imperdível! 

Nota: Leitor, seja bonzinho, se por acaso eu gaguejei demais ou então minha voz for muito feia, releve, fique tranquilo, pois o Tiago falou muito mais do que eu, abraço! 

Instagram do Tiago: https://www.instagram.com/tiagoferreira2528/?hl=pt-br

Confira a entrevista na íntegra abaixo:


Kawê Oliveira
Kawê Oliveira
Olá, me chamo Kawê e faço parte da equipe da BLB. Sou colunista e tradutor, é um prazer imenso poder auxiliar na produção de conteúdo asiático e LGBT acima de quaisquer divergência de opiniões. Fico por aqui, um grande beijo e aquele abraço.
Kawê Oliveira
Kawê Oliveira
Olá, me chamo Kawê e faço parte da equipe da BLB. Sou colunista e tradutor, é um prazer imenso poder auxiliar na produção de conteúdo asiático e LGBT acima de quaisquer divergência de opiniões. Fico por aqui, um grande beijo e aquele abraço.
2,719FansLike
2,580FollowersFollow
5,535FollowersFollow
1,800SubscribersSubscribe

Mais Lidos

Uma breve síntese sobre a entrevista com um brasileiro residente na...

Olá, pessoal, tudo bem? Hoje, a matéria será um pouco mais curta, pois o foco na verdade, não é este texto, mas sim, o...

ANITTA TAILANDESA!!!

OS INTOCÁVEIS!!!!