Home K-pop "Eu levanto essa bandeira"

“Eu levanto essa bandeira”




Olá meus bombons de licor, tudo bem com vocês?

Hoje nós vamos falar sobre idols que por grandes ou pequenos atos já demonstraram apoio a comunidade LGBTQI+ ou ao amor entre pessoas do mesmo sexo.
Contudo vamos do início, para descobrir o porque de celebrar esses momentos que podem até parecer pequenos diante da tamanha luta dos LGBTs para conquista de seus direitos.
A Coreia do Sul é ainda um país muito conservador no que se refere à sexualidade. Apesar de não haver histórico de repressões legais contra relações entre pessoas do mesmo sexo, as relações homo afetivas ainda são um tabu entre a sociedade sul-coreana, e nesse ponto damos ênfase ao confucionismo, que contribuiu para que a homossexualidade fosse vista como prejudicial à ordem da sociedade, como definido pelas cinco categorias das relações em sociedade na ideologia confucionista. Nos anos 80, os homossexuais eram temidos porque se pensava que todos eram portadores de SIDA (HIV).

Contudo a situação mudou um pouco quanto a aceitação da homossexualidade. Não podemos dizer que foi uma mudança GRANDE, afinal há muito o que mudar na Coreia. Entretanto, uma pesquisa do Pew Research Center, em 2013 diz que, 71 % dos coreanos com idades entre 18 e 29 anos disseram que a homossexualidade deveria ser aceita socialmente, o que nos dá uma pequena luz no fim do túnel fazendo mais pessoas acreditarem que a Coreia um dia poderá aceitar sim cada vez mais uma comunidade LGBT, contudo ainda existe um longo caminho a percorrer.
Membros da comunidade LGBT encontram diversas dificuldades de aceitação pela sociedade, o que faz com que a maioria opte por não falar abertamente sobre o assunto. A visibilidade ao assunto e aceitação no país ainda precisa melhorar em diversos aspectos.
Por isso cada pequeno detalhe deve ser celebrado diante dessa grande luta que eles enfrentam diariamente para conquistar seu local de direito na sociedade. Além disso, devemos considerar o quão relutante a sociedade sul-coreana ainda é em discutir o assunto, ainda mais no que se refere ao posicionamento de grandes ídolos. Esses artistas não foram os únicos a dar declarações consideradas de apoio à comunidade, mas destacamos alguns nessa matéria.

Jo Kwon

Foto: Divulgação

Não é de hoje que o cantor, que começou sua carreira no 2AM, levanta a bandeira da comunidade LGBT. Em 2014, ele interpretou uma drag queen no musical “Priscilla”, inspirado no filme “Priscilla, a Rainha do Deserto”. Criticado, o cantor posicionou se: “Ok. Priscilla é um musical sensacional e, como vocês sabem, eu atuo como um personagem que, por acaso, é gay. Eu fico triste de ver a ignorância em alguns comentários que pessoas com mente fechada deixaram em minha página, mas eu estou comprometido e amando esse papel, e orgulhoso de fazer parte deste projeto incrível! Vejo vocês no show!”

Taeyeon – Girls’ Generation

Foto: AnyeongBrasil.com.br

A integrante Taeyeon já celebrou diversos avanços e comemorações da comunidade LGBT em suas redes sociais, como quando curtiu diversas postagens que comemoravam a legalização do casamento igualitário nos EUA, além de ter defendido a participação de drag queens nos clipes “Dancing Queen” e “All Night”, do grupo. A maknae, em seu show solo “Love, Still”, pediu para que casais levantassem as mãos e deixou claro que gostaria que casais do mesmo sexo também realizassem o ato, ressaltando que toda forma de amor é bem vinda.

Heechul – Super Junior

Foto: Kpopper States

Comentou sobre o casamento do diretor e ativista dos direitos LGBT Kim Jho Gwangsoo com seu parceiro David Kim Seunghwan, ainda que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não seja reconhecido pelas leis Coreanas. O integrante do Super Junior ainda disse que acredita que “o amor é algo entre duas pessoas” e que os envolvidos não devem prestar atenção em críticas sobre seus sentimentos.

CL – 2NE1

Foto: Getty Images

Nossa eterna líder do 2NE1 foi questionada durante uma entrevista sobre sua opinião em “possuir uma grande base de fãs gays”, em resposta nossa rainha disse que tem sim muitos fãs “gays, lésbicas e drag queens” e que ama a todos eles. “Tenho vários amigos gays e amo muito eles”, disse CL, acrescentou também que julga-os mais verdadeiros em uma amizade e com relação a suas opiniões.

 

RM – BTS

Foto: WhatTheKpop

Nosso grande líder Kim Nanjoon já declarou apoiar a comunidade LGBT diversas vezes, sendo uma delas através do Twitter, quando indicou que os fãs ouvissem e prestassem atenção na letra de “Same Love”, de Maklemore e Ryan Lewis. “Uma música sobre a homossexualidade. Eu já escutei essa música antes, mas não sabia a letra, agora que eu sei, gostei muito mais da música”.

 

BoA

Foto: TodaTeen

Em 2009, a rainha do k-pp se apresentou na Parada do Orgulho LGBT em São Francisco, nos Estados Unidos, sendo a primeira artista do k-pop a se apresentar em uma manifestação pública de apoio à igualdade sexual e de gênero.

 

Chanyeol – EXO

Foto: KpopMap

Durante uma entrevista, o integrante Chanyeol declarou que acredita que o “amor não é algo apenas entre um homem e uma mulher”.

Taeyoung – TWICE

A cantora comentou sobre suas impressões sobre o filme norte-americano “Carol”, que fala sobre o amor entre duas mulheres e demonstrou interesse em que o assunto seja mais abertamente debatido. “Amor é amor.”
“ Você tem que assistir esse filme com o coração e mente abertos”, acrescentou.

 

Holland

Cr. Ao dono

Para fechar em grande estilo nós temos o cantor Holland que é um grande exemplo. O jovem estreou em janeiro deste ano como o primeiro cantor de K-Pop assumidamente LGBT. Seu debut fala abertamente sobre sua sexualidade e seu desejo de escapar para um lugar melhor, onde pode ser finalmente livre. O nome não poderia ser mais significativo – Neverland.
Causando muito barulho em sua estreia, no clipe podemos ver o amor entre dois garotos e uma cena de beijo entre eles. – Perfeição de MV meu pai.
Apesar da comoção – a tag #HollandDebutDay ocupou a primeira posição nos trending topics do Twitter – e do pouco mais de 9 milhões de views, Holland diz que não recebe nenhuma forma de apoio da mídia coreana e nem mesmo sua agência foi revelada.

Então meus amores por hoje é só, podemos ver que pouco a pouco a sociedade vai mudando e se tornando mais receptiva. Espero que um dia enfim todos troquem o preconceito pelo respeito. Beijos e até a próxima.

Laysa
Laysa
Laysa ou Lays é uma garota apaixonada por leitura, culinária e cinema. Em especial cadelinha do TXT e amante de Doramas. Colunista da família BLB e podem me achar também lá pelo canal no telegram é isso ❤️
Laysa
Laysa
Laysa ou Lays é uma garota apaixonada por leitura, culinária e cinema. Em especial cadelinha do TXT e amante de Doramas. Colunista da família BLB e podem me achar também lá pelo canal no telegram é isso ❤️
5,067FansLike
3,591FollowersFollow
7,612FollowersFollow
1,800SubscribersSubscribe

Mais Lidos

BLAWards 2019 – Vote No Seu Favorito

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s);if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src='https://embed.playbuzz.com/sdk.js';fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,'script','playbuzz-sdk'));

Until We Meet Again

%d blogueiros gostam disto: