Esta é uma matéria especial para homenagear aquele pai herói, e para mim, um dos paizões que mais me marcou foi lendo 2 moons. Espero que no BL Drama ele apareça agora kkk.

Gente, eu juro que fui reler a novel para ver se achava o nome dele, mas nada. Logo quando Pha conhece ele, o mesmo pede para chamá-lo de pai. Então vamos chamá-lo de Sr. Panitchayasawad.

Criar um filho está além do meu conhecimento, o fato de amar alguém tão incondicionalmente mesmo antes de ter existido está muito fora da minha imaginação. Mas, esse amor de pai e mãe para os filhos é verdadeiro e recíproco. Não importa os problemas, as diferenças ou qualquer outra coisa, você é o filho (ou filha), e nada muda isso.

Um dos motivos de ter escolhido-o é porque, em algum momento, ele me lembrou do meu próprio pai, e esse é o meu jeito de homenagear o meu herói. Por isso trouxe o Sr. Panitchayasawad para representar os homens que são os heróis dos filhos, ou sobrinhos, irmãos e primos.

Independente do grau de parentesco, você é o herói de alguém.

Eu vou deixar alguns trechos dele na história para provar isso, então se você não quer spoiler, deixo aqui meu muito obrigada por ter lido e o meu singelo Parabéns, e um feliz dia dos pais!

Vamos aos porquês de escolher esse cara:

“De repente, vários carros luxuosos aprecem e estacionam em frente ao prédio. Um homem de terno sai de um dos carros.

O homem em um terno caminha em direção ao Yo e diz: Não se preocupe Yo. Papai finalmente está aqui. ”

Quando se está com problemas ou dificuldades não tem nada que alivie mais do que isso, a presença de alguém que nos transmita segurança, que sempre irá nos ajudar.

“Eu vejo o pai do Yo caminhando em minha direção. Agora eu estou oficialmente amedrontado! É como se eu estivesse paralisado e não conseguisse mexer nenhuma parte do meu corpo. Talvez ele esteja zangado pelo que aconteceu com Wayo. Talvez ele queira me machucar por essas coisas, mas eu não lutarei, aceitarei toda a minha culpa e preparado para qualquer punição. Quando ele já está na minha frente, eu seguro minha respiração e me preparo para ser machucado por ele. […]”

Tenho que falar que o Pha está agindo assim devido aos acontecimentos que não citarei, mas você pode ficar tranquilo, o pai de Wayo é muito legal sim, olha só o que ele falou para o Pha:

– Você cresceu e se tornou um belo homem.

Eu não posso acreditar no que está acontecendo. Eu pisco meus olhos e vejo que ele não parece zangado comigo.

– Chame-me de ‘pai’! – Eu estou chocado com o que ele diz. ”

Viu só!

Ele já dispensa toda a formalidade e sabe o motivo do Sr. Panitchayasawad já conhecer o Pha?

”- Você é a única pessoa pela qual meu filho já olhou. Como eu posso perder a chance de não vê-lo?

[…]

Eu sei tudo sobre meu filho, incluindo a pessoa que ele está namorando. Eu, na verdade, conheço você desde o colegial. Foi naquele tempo, quando você estava comprando almôndegas na lanchonete, em frente a escola, que meu filho me pediu para diminuir a velocidade apenas para observá-lo. Desde aí, eu percebi que meu filho não gostava de mulheres. ”

Esse cara merece o troféu do ano, para mim.

Penso em como deve ter sido todo o processo de aceitação sobre o filho em pensamentos, e não tendo a esposa para se apoiar e ainda tendo que criar o Wayo.

Foi isso gente.

Se você não leu a novel, mas chegou até aqui ela está disponível no Wattpad 😉

Beijos, Kim Nana <3

Fique por dentro de todas as novidades do mundo asiático pelas nossas redes sociais:

Twitter: @bloversbrasil https://twitter.com/bloversbrasil?s=09

Instagram: @boyslovebrasil https://instagram.com/boyslovebrasil?igshid=wn36fcwn2kmt

YouTube: Boys Love Brasil https://www.youtube.com/channel/UC0uSQY0woHNhjKDuHW0FguA

Página do Facebook: Boys Love Brasil

https://www.facebook.com/boyslovebrasil1/

Grupo do Facebook:

https://www.facebook.com/groups/portalboyslove/

Telegram: @Boyslovebrasil1

https://t.me/boyslovebrasil1