Home Matérias 5 Curiosidades Sobre o Governo Japonês

5 Curiosidades Sobre o Governo Japonês




Oi nenês, tudo bem? Desejo que sim! Hoje eu trago para vocês 5 curiosidades a respeito do governo japonês. Confesso que não sabia quase nada, então foi divertido escrever sobre isso. Espero que gostem tanto quanto eu.

Sem mais enrolação, vamos lá!

 

1- O Japão tem um imperador

O Japão é regido por uma Monarquia Constitucional, de regime Parlamentar Democrático, onde o imperador é o chefe de Estado e o Primeiro Ministro é o chefe de governo e o Chefe do Gabinete do Japão.

Apesar de ser a mais antiga monarquia ininterrupta do mundo, o Imperador não possui poderes relacionados ao governo.

O antigo Imperador do Japão, Akihito, abdicou o cargo, um ato que não ocorria em quase 200 anos. Desde o dia 1 de maio de 2019, o Imperador atual do Japão é Naruhito, primogênito de Akihito.

 

         Naruhito e Akihito, respectivamente

2- Nova Era

No Japão, os nomes de eras são usados em carteira de motorista, cartões de seguro de saúde, calendários e documentos oficiais.

Durante o governo de Akihito, o Japão estava vivendo a era Heisei. Com a entrada de Naruhito no império, o Japão passou para a era Reiwa – (em Kanji: 令和, em Hiragana: れいわ).

O nome da nova era vem de poemas antigos, neste caso de Manyoshu, que é uma coletânea antiga de poemas japoneses, mais precisamente, o poema 815 do volume 5.

Rei – 令 tem o significado de Ordem/Comando e Wa – 和 algo como Harmonia ou passividade, aproximando-se para uma tradução como ”Comando Harmonioso”.

 

3- A Legislatura Nacional Japonesa

A legislatura nacional japonesa é chamada Dieta. A Dieta tem duas câmaras: a Câmara dos Deputados, que são eleitos em eleições loucas e a Câmara dos Conselheiros, que representa as províncias ou as nações. A maioria das leis nacionais deve passar pelas duas câmaras. Para algumas poucas espécies de leis, entretanto, a decisão da Câmara dos Deputados é a acatada caso não haja acordo entre as câmaras.

O primeiro-ministro é membro da Dieta. A Dieta elege o primeiro-ministro. O primeiro-ministro nomeia o Gabinete. Cada membro do Gabinete dirige um dos ministérios do Governo.

O Governo nacional é responsável por assuntos que afetam todo o país em seu todo. O Japão está dividido em 47 províncias. Cada uma delas elege seu próprio governo. Sob estas províncias, cada cidade, não importa seu porte, elege seu governo. Cada província e governo local é responsável pelos problemas a si direcionados. (Retirado de http://www.culturajaponesa.com.br/index.php/guia-japao/governo/ )

4- Idade para votar

Em junho de 2016, a idade mínima para votar passou de 20 para os 18. Por isso, as eleições desse ano foram bastante comentadas. Essa medida, foi uma tentativa do governo japonês de aumentar a participação da população nas eleições.

 

5- Pouco tempo do novo sistema

O Japão mudou suas estruturas governamentais diversas vezes até chegar no presente sistema político. O que muita gente não sabe, é que esse sistema não tem nem um século. Exatamente! A monarquia constitucional está implementada no governo japonês há aproximadamente 73 anos.

 

É isso, xuxus! XOXO~

Créditos nas informações:

http://www.culturajaponesa.com.br/index.php/guia-japao/governo/

https://blog.gaijinpot.com/7-things-know-japanese-politics/

https://www.mundook.com.br/governo-japones-anuncia-o-nome-da-nova-era-reiwa/

Hta
Hta
Adolescente viciada em animes, kpop, dorama/lakorns, BLs, livros e em algumas séries <3
Hta
Hta
Adolescente viciada em animes, kpop, dorama/lakorns, BLs, livros e em algumas séries <3
3,942FansLike
3,020FollowersFollow
6,546FollowersFollow
1,800SubscribersSubscribe

Mais Lidos

Tharn e Type: Um guia para entender e se apaixonar

Olá meus bombons de licor, tudo bom vocês? Hoje nós vamos falar sobre uma série que está prevista para estrear ainda esse ano e já...
%d blogueiros gostam disto: