Home Reviews TWM - Um resumão, bem resumido, mas cheios de surtos que deve...

TWM – Um resumão, bem resumido, mas cheios de surtos que deve ser lido

Nesse meu retorno como colunista (essa que vos escreve passou um bom tempo fazendo outras tarefas na BLB) decidi fazer a resenha de um BL que é um dos meus queridinhos e acho que todos deveriam dar uma oportunidade. Together With Me é uma das séries mais cheias de tretas que eu já vi se você ainda não assistiu, ou mesmo se já, continue me acompanhando que vou revelar todos os badados que você jamais deve esquecer dessa série; 

E se você acordasse em um dia e descobrisse que transou com o seu melhor amigo, depois de uma tremenda bebedeira? (Seria, no mínimo, deveras chocante para não dizer enlouquecedor). Provavelmente você ficaria desnorteado, confuso e um pouquinho (na verdade bastante) surtado. E é exatamente a reação que Knock tem quando acorda e vê Korn, seu melhor amigo, deitado praticamente nu ao seu lado. 

Tudo bem que acusar Korn, não vai fazer o ocorrido desaparecer, mas naquele momento é exatamente a única solução que Knock pensa. Dá até pra tentar entender essa decisão, já que um dos sentimentos mais conturbados que pode existir entre amigos, é sem dúvida, aquela atração explosiva que não dá pra segurar, misturado com o medo e a angustia de perder uma das pessoas mais importantes na sua vida. 

E nem bem, nosso casalzinho se recuperara do ocorrido, são presenteados com a chegada da mais querida odiada personagem dos bl’s a Plern Pleng, namorada do Knock. Ser extremamente irritante, ciumenta, egoísta e vingativa são as qualidades que não se deve faltar em uma vilã, e por isso, ela ganha em disparada o título de namorada mais empata shippe de todas. A mulher faz intriga, troca chifre e move toda a constelação pra separar nossos pombinhos. 

Após todo esse reboliço, os amigos tentam recuperar a amizade esquecendo o tal dia D (Só tentam mesmo), porque se sentindo culpado pelos seus sentimentos Korn foge (literalmente) de Knock, nós proporcionando uma das cenas mais cômicas de toda série. Com o drama do fugitivo mais procurado resolvido, eles começam a se reaproximar e o que era apenas amizade começa a ganhar nova forma e vai se transformando em amor. 

No meio do dilema desses dois, nos deparamos com ingênuo e sensível Farm e o Doutor Bright (mais sem vergonha desconheço) são o nosso casal secundário. O relacionamento deles vive em 360 (as vezes shippamos e outras vezes apenas desejamos enfiar a mão na cara do vulgo P’Doutor). Resumindo… Farm entrou de gaiato na vida de safadeza do Doutor, isso fez com que anjinho se decepcionasse e assumisse o bad boy escondido nele.  

Voltando ao nosso casal principal … Com toda a faísca (na verdade é um total incêndio) que Korn e Knock proporcionam, seria difícil ninguém perceber o que está rolando entre eles. E como já sabemos, felicidade de casal bl só dura até a namorada aparecer pra destilar veneno, temos finalmente a vingança da Pleng. A venenosa, espalha por todo o campus da faculdade fotos do Korn e Knock se beijando.  E depois de causar toda a confusão entre nossos queridos, a bendita se faz de anjo e vai consolar o seu “namorado”, essa atitude faz nosso querido desmiolado (Knock é seu primeiro nome) ficar ainda mais confuso e arrependido por ter traído essa anja em forma de gente. Tudo só não fica mais dramático (mentira fica sim) porque o fugitivo Knock tem a rainha Yiwha ao seu lado.

A diva em questão, para aliviar a barra do amigo, protagoniza junto com seus escudeiros Fai, Phubet e Farm, um beijaço coletivo que acaba com as fofocas e reaproxima nosso casal. Mas como nem tudo são flores, Knock (assim fica difícil defender) se sentido culpado pela dor que causou a sua namorada, resolve passar uma linda e quente noite com seu amigo como despedida. Após acender nossos corações com tanto fogo, ele simplesmente taca um balde de água (bem, mais bem gelada mesmo) ao escolher a Pleng Pleng. 

Com a separação do nosso casal, eis que Mew, ex namorado de Korn, reaparece para conquista-lo novamente (até eu que sou boba).  E é assim que presenciamos os maiores barracos da TV tailandesa, que vai desde Knock descobrindo que chifre trocado dói sim (e muito, bem feito… ninguém mandou dar uma de arrependido) até ele cair na pancadaria com o pãozinho do ex de seu amigo, por puro ciúmes. 

Depois de tanta rasgação de seda, mais uma vez a rainha Yiwha retoma seu lugar como fada madrinha mais encrenqueira que amamos, sacode o Knock e o despacha pra que ele possa ir atrás de seu amor (graças a todas as santas fujoshis, ele escolhe certo dessa vez). Então depois de quase se afogar (puro drama) se finge de morto e lasca um beijão no Knock que está preocupado em ressuscita-lo (com certeza fomos nós que morremos com passagem direta para o paraíso). 

E beijos e mais beijos com direito a jogada na cama e declaração diante dos vagalumes (segundo a diva Yiwha… prefiro não comentar) temos o início do fim da história desse casalzão que nos mata de tanto amor e surtos psicóticos (Só quem viu Bad Romance entende). 

      

 

 




Kitty
Kitty
Fujoshi viciada nos BL's da vida à 12 longos e maravilhosos anos.
Kitty
Kitty
Fujoshi viciada nos BL's da vida à 12 longos e maravilhosos anos.
4,278FansLike
3,467FollowersFollow
7,201FollowersFollow
1,800SubscribersSubscribe

Mais Lidos

BLAWards 2019 – Vote No Seu Favorito

(function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s);if(d.getElementById(id))return;js=d.createElement(s);js.id=id;js.src='https://embed.playbuzz.com/sdk.js';fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}(document,'script','playbuzz-sdk'));

Until We Meet Again

%d blogueiros gostam disto: