9.0
Nota Geral

Pontos Fortes

  • Atuação
  • Cenografia
  • Enredo

Pontos Fracos

  • Trilha sonora
Atuação
9
Cenografia
10
Enredo
10
Trilha sonora
8

Resumo do Review

A história de um amor que persistiu além de uma vida para estarem juntos

Olá meus unicórnios, tudo bom?

  Hoje trago para vocês um mega review dessa série pela qual somos tão apaixonados, Until We Meet Again. Então, prontos para relembrar as partes mais emocionates dos episódios 9, 10 e 11? Let’s Go. 

~ EP : 9

  Lembranças sempre vindo a tona, seja em memórias ou sonhos, o passado tem perturbado Dean, mesmo sendo um rapaz forte de expressões sérias e firmes que aparenta ser muito frio, ele está sofrendo bastante e com medo. Medo de descobrir que as escolhas de uma vida passada possam arruinar a atual. Dean tem sorte de ter um ótimo amigo, que por sinal dá bons conselhos.

  A biblioteca normalmente serve para… Estudar, ler, trabalhar, adquirir conhecimento e amar. Como assim amar? Amar sim, é onde os escritores dos poemas da vida deixaram seus rastros e os amantes da vida que amam e vivem o amor, se encontram. Uma visita de Pharn ao local de leitura rendeu um singelo beijo e um abraço caloroso. 

  Os sentimentos de agora em diante estão sempre carregados de grandes pesares, P’Dean descobre que em sua vida anterior, tirou a própria vida, o que levou seu parceiro amado a fazer o mesmo. Mas o jovem nadador promete que nessa vida não cometerá o mesmo erro, fará de tudo por esse intenso amor, mesmo em corpos diferentes. Depois de tão fortes descobertas passadas, aumentou seu medo e apreensão. Então, foi se refugiar e dividir suas dores nos braços de seu amado, ainda que não pudesse dizer tudo que devia.

  O passado é carregado de muitos pesares amargurados nas lembranças que surgem, entretanto, traz força de um amor inesquecível, que atravessou gerações. 

~ EP: 10

  Em ritmo de reta final, o episódio dez já deu início carregado e o passado atua firme nas lembranças marcantes, desta vez atuam em Pharm, mas nada como um abraço que no momento parece seguro, para aquietar um sonho mesmo não sendo ruim. Após essa forma de carinho depois da primeira noite que dormiram juntos, embora não tenha havido algo mais. Foram despertados por mentes curiosas que proporcionaram um bom constrangimento ao casal. 

  Pena que a cama está amassada, não por causa de um bom sexo, digo fazer amor (o que não quer dizer que não desejamos). Como sempre, nosso casal real é muito fofo e Pharm com vergonha é um verdadeiro pecado. Mudando para um foco vergonhoso e sexy, Dean seminu batendo na porta do amigo que mora ao lado de seu amado, para pedir camisa emprestada. Claro que a emoção poderia melhorar, P’Sin também o recebe sem camisa, ou seja, mais um peitoral limpo e lindo de se ver. 

  De volta ao quarto do love, o homem amante das piscinas começa a despertar seu medo de perder o parceiro, propõe casamento de uma forma curta e direta em pleno café da manhã. Indo muito além de querer morar juntos, deu forças ao desejo de ter seu amado em seu braços com um pouco de ousadia. Nos deleitamos com um beijo e carícias, que causou arrepios e tensão em seu parceiro, deixando-o um pouco assustado em repreensão, mas logo compreendeu os sentimentos ali expostos e o perdão veio logo a seguir. 

  Acabando esse momento embaraçoso, veio o alvoroço de uma amiga fujoshi, Manaow não perdeu tempo e foi logo contando para Team que ligou para Pharm cedo, marcando o encontro dos estudos, e quem atendeu foi Dean. E lá vai o mini master chefe para mais um momento constrangedor sem poder escapar. Esse momento rende cenas muito engraçadas e fofas ao mesmo tempo. 

  Como não pode faltar na série aquela amante de um bom bl novel, Del é uma delas e desfruta de sua leitura na sala com seu irmão mais novo. Dean chega a casa, e depois de passar a noite fora sem avisar, trouxe doces para agradar os irmãos. Todavia, o assunto que abriu o diálogo deixa o clima ficar meio pesado. Dean decide ir ao encontro de mais uma parte de seu passado presente, buscando soluções para combater o medo que se instalou dentro dele.

  Um momento cheio de muita emoção e sentimentos profundos afogados no tempo. Um neto com arrependimento de alma por ter sido fraco no passado e uma avó que almejava ver e abraçar um neto após anos de distância, podendo esclarecer as mágoas que poderiam ter. An, irmã de In no passado e avó de Dean no presente, ao descobrir que o neto ama outro garoto, lembrou o que aconteceu no passado e que poderia se repetir, fez um pedido para que o jovem não se machucasse, embora o futuro seja difícil e tivemos um momento tocante.

  Partindo de cenas fortes para engraçadas, romantizadas com toque sexy. Nosso casal WinTeam se desenvolvendo, com direito a jogada de cama e pé no saco (que por sinal não doeu tanto assim), logo em seguida até marcaram um encontro para as festas natalinas e mais, dormindo juntinhos e abraçados. O surto para nós, pobres cadelinhas desse casal (P’New queremos mais, please)

~ EP: 11

  Começamos o episódio 11 com In esperando o Korn para verem juntos as luzes de natal. Porém, o jovem estava atrasado, mas In sendo In esperou até que ele aparecesse. E apareceu, como sempre, fazendo nosso coração ficar quentinho. E, em como todos os momentos desse casal, trocaram juras de amor sobre ficarem juntos para sempre e é perceptível o quanto se amam e querem realmente que essa promessa se cumpra.

  Ainda nesse embalo de luzes de natal, Dean chega à faculdade do Pharm para buscá-lo e então descobrimos que Dean anda conversando com a sogrinha (nada bobo ele), e isso só torna a cena cômica, pois Pharm quer descobrir como Dean conseguiu o número de sua mãe e como foi esse diálogo que resultou na escolha de roupa para verem as luzes juntos.

  Essa cena com certeza foi uma das mais lindas do episódio, o cenário estava perfeito assim como nosso casal que aproveitava cada momento, tirando fotos e teve até beijo em público mesmo.

  Finalmente nosso casal secundário começou a ser desenvolvido, e essa com certeza foi uma das cenas mais fofas de WinTeam. Como Team, lá nos primeiros episódios, contou sobre a lenda do fio vermelho, agora foi a vez do Win contar sobre a do casal embaixo do visco no natal.

  A lenda do visco: Diz a lenda que tudo começou no festival grego da Saturnália. Também especula-se que o Visco era usado nos rituais de casamentos primitivos. O Visco é uma das poucas plantas que florescem no inverno, mesmo em condições climáticas que seriam desfavoráveis à maioria das plantações. O conceito de “beijo” foi introduzido desde então. Acredita-se que beijar alguém debaixo da planta traz sorte, e por ser uma planta que cresce no inverno, normalmente é algo feito no Natal. Então, se um casal estiver debaixo de um visco, eles têm que se beijar.

  Agora temos Pharm conversando com a sua mãe, tenho que dizer o quanto essa mulher é maravilhosa, ela ama o Pharm e confia nele e nas escolhas que ele faz e esse diálogo que tiveram pelo celular só confirma o quanto ela quer o filho feliz independentemente de quem ele ama.

  E nessa cena voltamos para outro casal que amamos, In e Korn. Nessa cena temos eles, tipo num bosque, aproveitando os momentos em que podem ficar juntos, e In amarra o fio vermelho no pulso do Korn na intenção de tornar o clima romântico.

  Mas como já estamos acostumados, Korn desfaz esse clima com sua marra de bad boy, mas logo em seguida não resiste ao charme de seu amado e promete que ficarão juntos para sempre, e não precisava de fio vermelho para isso acontecer.

  Então, saindo de um contexto totalmente fofo, vamos para um em que deixa nosso coração totalmente quebrado em pedacinhos. Temos Korn e In chegando ao apartamento em que estavam ajeitando para morarem juntos e Korn, vendo o estado emocional e físico em que In se encontrava começou a ficar pensar se continuar valia a pena mesmo, pois não aguentava mais ver a pessoa que ele amava sofrer. Logo In percebe o que Korn estava pensando e começa a chorar e pedir que ele não o deixe, pra cumprirem a promessa de ficarem juntos para sempre.

  Então Pharm começa a chorar de madrugada por conta dessa lembrança e a seu ataque de pânico volta com força, mas dessa vez não tinha o Dean para acalmá-lo, o que tornou a cena totalmente angustiante.

  Na faculdade, logo Dean percebe que Pharm chorou durante a noite, mas ele acaba desconversando sobre. Então Dean propõe que se ele ganhasse a competição de natação, queria uma recompensa, só alimentando nossa Alice para essa tão esperada cena da primeira vez deles.

  Essa cena foi totalmente engraçada e fofa. Após Dean chegar ao apartamento do Pharm (Mais lindo que o normal, temos que deixar bem claro aqui que a cor vinho fica perfeita nesse homem). Pharm representou a nação blezeira toda depois que Dean começou sobre quando morarem juntos.

  Então, vamos para mais uma cena emocionante no paralelo passado/presente, onde Dean leva Curry Amarelo pro Pharm provar sem que ele soubesse quem tinha preparado, e assim que Pharm prova, logo vem a lembrança que esse tinha sido o pedido de aniversário que o In tinha pedido para An, então Dean pergunta se ele quer conhecê-la e que essa era sua recompensa por ter passado no exame. Ele também deixa claro que o que Pharm decidir, estará do lado dele, sempre e isso conforta e encoraja Pharm a querer conhecer An e saber mais sobre o que aconteceu com In e Korn.

  Certo, devíamos ter terminado na cena anterior, mas como WinTeam estão nos deixando loucos, tenho que compartilhar os surtos dessa cena e dizer que até a propaganda de estética que eles fazem juntos, somos alimentados e ficamos cada vez mais apaixonados por esse casal e sedentos por mais interações deles (E, sim, compraria até caneta, se eles fizessem a propaganda). 

  Bom, por hoje é só. Espero que tenha gostado e obrigada por terem lido até aqui. Beijos.