De acordo com o calendário gregoriano o Ano Novo é comemorado na virada do dia 31 de dezembro para o dia 01 de janeiro, em algumas nações sobretudo ocidentais. Já na China o Ano Novo é comemorado segundo o calendário lunar. Há 2.000 anos houveram os primeiros registros da comemoração do Ano Novo Chinês. Para a sociedade chinesa esse é um dos períodos mais importantes, pois eles fazem uma pausa no trabalho para festejar com suas famílias.
O feriado também é conhecido como O Ano Novo Lunar Chinês, pois sua data é determinada pelo calendário da China. Essa data geralmente é comemorada no final de janeiro ou de fevereiro, já que a cada ano varia. Suas celebrações duram até 15 dias, nos quais são seguidos de inúmeros rituais e tradições.
Semanas antes de começar as comemorações os chineses tendem a limpar e arrumar a casa e presentear os deuses que as protegem, além de cortarem os cabelos, comprarem roupas novas e quitarem suas contas.
O vermelho e dourado são as cores oficiais da data. Essas cores são responsáveis por trazer boa sorte àqueles que as usam, segundo os chineses. Eles costumam colar nas portas e janelas de suas casas papeis vermelhos com letras douradas dizendo “Bom Presságio” para atrair bons fluídos e proteger quem mora ali.
No começo das festividades uma lanterna vermelha é acesa e pendurada na porta principal e segue por lá durante os 15 dias de comemoração, também é lançado fogos de artifícios para espantar o azar, as más energias e os maus espíritos.


Na véspera da comemoração as famílias se reúnem para o último jantar do ano, no qual são preparadas refeições especiais para trazer todo o tipo de riqueza, sorte e felicidade. Alguns pratos que não podem faltar são os bolinhos em forma de lingotes de ouro; o peixe, que representa o dinheiro; o prato feito com arroz moti, que representa a prosperidade; o talharim, que simboliza a longevidade; e as tangerinas, também chamadas de laranjas da sorte. As frutas e os doces são servidos em bandejas ou pratos vermelhos durante o jantar.
Uma das cerimônias mais importantes são tirar fotos com toda a família reunida, elas devem ser tiradas na entrada ou em frente da casa com o membro masculino mais velho da família sentado ao centro.


À meia noite toda a família come o bolinho de arroz chinês, também conhecido como guioza. Os mais velhos tendem a presentear os mais jovens e solteiros com dinheiro, cuja entrega é feita dentro de um envelope vermelho, que por superstição não deve ser aberto na frente de quem presenteia. O ato de entregar o envelope vermelho também conhecido como hong bao representa a generosidade e o desejo de boa sorte.


Para os chineses os 15 primeiros dias do ano são vistos como sagrados, assim são marcados por tradições diferentes em cada um deles, sendo no primeiro dia onde a população dedica-se a visitar parentes e amigos. No 15º dia do mês acontece a Festa das Lanternas, indicando o término das festividades.