Já assistiu seu bl hoje? Ou melhor dizendo, já leu seu bl hoje? Vim apresentar o mangá JOY. O volume único foi criado por Etsuko, sua editora original é a Kodansha, a editora brasileira é a NewPOP, sua classificação indicativa é para maiores de 16 anos, o gênero é drama e como todos devem saber é um boys love.

 

Sinopse: “O mangaká de histórias shoujo, Go Okazaki, luta diariamente para criar histórias que emocionem as garotas. Ele trabalha duro junto com seu assistente, que também é um mangaká, Yusuke Akune. Certo dia, Go se surpreende ao descobrir que Akune é gay e recebe sua primeira proposta para desenhar uma história BL. Para poder criar sua história, Go faz de conta que “gosta do Akune”, mas passa a se interessar cada vez mais por ele…?”

O mangá com oito capítulos e um extra nos mostra vários tipos de mudança, desde uma mudança na escrita de Go Okazaki, que acostumado a escrever shoujos passa por novas experiências ao desenhar seus personagens e criar uma história para eles, (sim, primeiro ele desenha e depois faz a história, diferente do método convencional), é claro que ele não está sozinho durante o processo, Yusuke Akune está ao seu lado o auxiliando seja com opiniões sobre os personagens ou na criação de fundos para as cenas. Será comum ver Akune repreender Go por usar uma roupa que mostra “seus peitinhos”, ou por abraçá-lo sabendo que o mesmo é gay, é bem aquela coisa de uke inocente que é sexy sem nem notar. 

Assuntos sérios como homofobia no trabalho e exclusão na escola se fazem presente. No decorrer da história conseguimos observar a mudança quanto aos sentimentos de Go por Yusuke, além disso, nosso mangaká descobre que pode ser muito corajoso demonstrando o que sente e não desistindo do que lhe faz feliz. A mensagem que o mangá me passou é que devemos fazer aquilo que nos faz feliz. A vida é nossa, por que não fazer algo que a gente gosta?

 Para quem gosta de mangá, acredito que irão adorar ver nossos protagonistas desenhando mangás, principalmente pelo fato dos meninos terem públicos-alvos diferentes, ou seja, enquanto Go desenha para meninas adolescentes, Yusuke desenha para crianças. Nosso assistente de mangaká trabalhou quando mais novo em uma creche onde desenhava para seus alunos, ao sair de lá usou como técnica desenhos infantis, que apesar de parecerem toscos para alguns, é necessário ter habilidade na hora de sua criação. O mangá pode ser encontrado na Amazon, no NewPOP e em outros locais, eu por exemplo comprei ele na Livrarias Curitiba.

Obrigada por chegarem até aqui e espero que ao lerem esse mangá consigam se inspirar com as situações tratadas nele, assim como eu. Não falei muito do romance, pois esse não foi o foco principal do mangá, que nos mostrou ser algo mais do que uma história romântica.