9.9
Nota Geral

Pontos Fortes

  • Atuação
  • Trilha sonora
  • Enredo

Pontos Fracos

Atuação
9
Enredo
9
Trilha sonora
10

Resumo do Review

Review dessa série maravilhosa chamada Why R U? The Series

Olá, meus unicórnios, tudo bom?

  Hoje vamos para mais um review dessa série que está quase ganhando o título de uma das minhas favoritas, Why R U? The Series. No episódio 2 tivemos vários surtos, então vamos lembrar as partes mais emocionantes. Prontos? 

  Nessa cena, temos Zon tentando assimilar se o casal que estava vendo era real ou se tudo não passava de uma alucinação. Ele estava confuso e queria entender a situação, então tentou perguntar de uma forma “natural” se TharnType eram um casal, o que fez toda a situação ficar cômica. 

  Claro que tivemos Type sendo ciumento e eles sendo fofo no final, agradecemos os mimos? Claro que agradecemos.

  Nessa cena já pudemos ver quem é Blue e notamos que ele é meio desligado, mas já aparenta ter convicção no que quer. Ele se inscreveu pro clube de futebol, mesmo que sua amiga não tenha tanta certeza que ele se dará bem lá.

  E então, nessa situação, temos mais aparições para Zon, diretamente de Make It Right para as telinhas de Why R U, temos o casal Fuse e Tee, ainda mais fofos do que lembramos. Mas voltando o foco para Zon, ele acaba lembrando da novel que sua irmã fez onde as pessoas que ele estava vendo eram as mesmas da capa da história, então ele acaba surtando no meio da aula, fazendo o professor até encerrar a aula. Seria trágico, se não fosse cômico.

  E da mesma forma que fez quando viu Tharn e Type, ele abordou os dois meninos, Tee e Fuse, na intenção de confirmar o que ele já sabia, que são um casal, dando mais um nó na cabeça de Zon. Eles são reais ou ele apenas estava tendo mais um sonho acordado? Isso tudo não saía da cabeça dele.

  Agora temos Fighter e Hwahwa dentro do carro, ela tinha ido buscar seu amigo, Tutor, que estava dando aulas. Fighter então resolve perguntar para Hwahwa o por quê de Tutor dar tantas aulas, então ela conta sobre a família dele, que falíram e tiveram que se mudar, deixando Tutor sem dinheiro e morando sozinho num apartamento. Fighter ouvia tudo atentamente e apesar de não dizer muitas vezes o que sente, ele consegue ser muito expressivo e é perceptível notar que mesmo não admitindo, ele se importa com Tutor.

  Hwahwa finalmente aparece pro Tutor, mas com Fighter ao lado como já era de costume, ela começa a tentar fazer ele ir com eles comer, chamou SaiFah também, já que ele estava na mesa. E Tutor tentava dá as desculpas mais esfarrapadas para fazer ela desistir de chamar ele para ficar no mesmo ambiente que Fighter. Mas seus esforços não valeram muito, ela acabou conseguindo fazê-lo prometer que iria em sua festa de aniversário e até voltar para casa no carro do Fighter.

  Mas, isso não durou muito, já que ela fez eles irem na frente, na demorou para eles começaram a se alfinetar dentro do carro, Fighter fala asperamente, então uma simples pergunta acaba sendo um pé pra Tutor retrucar de forma grosseira. Porém, a discussão não se estende, já que Hwahwa entra no carro e logo percebe que eles estavam brigando e acaba só piorando o clima, Tutor desiste da carona e assim ela inicia uma discussão com Fighter que só se manifesta quando ela sugere se afastar de Tutor já que Fighter possa achar que tenha algo entre eles (meus anjos, de todo coração, nunca desistam de uma amizade mesmo que isso passe na cabeça da pessoa que vocês gostam, please).

  Aqui temos uma cena cômica atrás da outra, primeiro Zon com a máscara de Darth Vader vendo as postagens do facebook sobre ele e o SaiFah apresentarem juntos o evento que acontecerá na faculdade. E nessa cena, SaiFah sendo super educado e até fofo (isso com certeza não aconteceria no Brasil), dando a vez para pegar o elevador para as pessoas que estavam atrás dele e depois acaba dando de cara com Zon, e então eles se comprimentam da forma mais estranha e engraçada possível.

  Pra cena ficar melhor, aparecem duas garotas querendo tirar foto do “casal” e em seguida SaiFah começa a chamar o Zon de “Meu Zon” e provocar ele como sempre faz, e nisso tudo os dois acabam não pegando o elevador e Zon desiste e vai embora. Então, tem mais uma alucinação agora com SaiFah, ele se concentra dessa vez e percebe que tudo não passou da sua imaginação trabalhando mais do que devia.

  Chega o aniversário de Hwahwa e Tutor e Fighter já chegam querendo colocar fogo em tudo, quase que literalmente. Primeiro, o esbarrão na entrada. Depois que a amiga de Hwahwa fala pro Fighter entregar o bolo que Tutor fez, o clima vai ficando tenso. Eles foram para o bar acender as velas juntos, e precisamos admitir que ele com as velas na mão estilo Wolverine foi muito fofo e o Tutor irritado não ficava atrás. Mesmo sabendo da resposta, Fighter diz que Tutor não deveria colocar no bolo “amiga” já que via Hwahwa mais que isso, então mais alfinetada até o Fighter encochar Tutor no bar, sim meus amados e amadas, teve encochada, então faz menção que vai beijar Tutor, nessa parte e depois que o Tutor empurra ele, ainda sim chega bem próximo dele, e Tutor claramente fica mexido, mais ainda depois que Fighter diz para ele mesmo entregar o bolo para Hwahwa com a desculpa de que não se sentiria bem entregando.

  Day também já começou a ganhar seu destaque, podemos perceber que ele é bem apaixonadinho pela Hwahwa mesmo sabendo que nunca terá chance com ela, mas mesmo assim, tendo oportunidade ele estará lá, mesmo que ela não note ele.

  Fighter não parecia estar se divertindo, Hwahwa sentou do seu lado, mas viu que seria em vão tentar animá-lo, então voltou a ficar com seus amigos. Sendo assim, ele fica bebendo sozinho até desistir de ficar na festa e decide sair, Hwahwa percebeu e resolveu mandar Tutor ir atrás dele por precação de caso ele estar bêbado demais ou algo assim, no início ele relutou mas acaba decidindo fazer mais uma vontade de sua melhor amiga.

  De início, eles pareciam que iam ter um diálogo civilizado, mas logo começaram as grosserias de ambas partes. Tutor começa dizendo que Fighter deveria estar cuidando de sua amiga e não lá fora, se não gostava mesmo dela, que deixasse ela ir. Fighter parecia irritado já, então respondeu apenas que ele não tinha nada a ver com isso. Aqui começa o tesão, digo, tensão. Tutor insinua que ele não está 100% envolvido com Hwahwa, deve ser porque ele é um mulherengo ou ele gosta de garotos, Tutor vendo que conseguiu acertar algum ponto em Fighter continuou dizendo que ele gostava de garotos até (o coração erra as batidas só de lembrar) Fighter agarrar ele e tacar um beijo. Sim, meus anjos, terminou o episódio com um beijo desses.

  Bom, por hoje é só, espero que tenham gostado. Beijos.