Apesar de seu breve encerramento nas telinhas, as diversas mensagens da série Tharn&Type ficaram na mente de muitos fãs que anseiam por uma próxima aventura. Interpretado por Kitipat Kaewcharoen, LHONG foi um personagem de extrema importância para a trama contada por detrás das intrigas ocorridas entre o casal da série, que por conseguinte veio a emergir na frustração de seus planos, que em seu ponto de vista eram para um bem maior, a correspondência sentimental de seu amigo. 

Kitipat Kaewcharoen

Na vida real, o personagem LHONG existe em indivíduos, que por motivos como: frustração emocional, rejeição profissional, repreensão familiar, conflitos de estima se autodeterminam uma luta incansável pelo objetivo pretendido, a reciprocidade do outro, por isso exercem meios impensáveis para satisfazer sua incompetência emocional como é visto em muitos casos divulgados pela mídia. Esses indivíduos pelas frustrações e problemas acumulados desde a infância, carregam consigo a estigmatização da incapacidade emocional própria, ou seja, a falta de o amor próprio, que causa um efeito dominó em suas tentativas frustradas de se relacionarem socialmente.  

Analisando bem, LHONG possuía uma carência afetiva familiar que ao encontrar um alicerce capaz de suprir esta falta começa a buscar meios de isolar o alvo, para assim protegê-lo do perigo da perda. Vivendo assim, de expectativas idealizadas em sua mente por migalhas sentimentais deixadas por alguém que não corresponderá a essa frágil construção sentimental pela ausência da reciprocidade. 

Indivíduos que possuem essa deficiência, tendem a desenvolver doenças psíquicas e psiquiátricas pelo isolamento emocional, o que gera o espectro da estagnação pessoal, onde a tendência é estagnar sua vida pessoal e profissional pelo bloqueio psíquico de seu desencontro sentimental e sexual. Quando paramos para analisar as histórias de sentimentos não-correspondidos, ficamos atrelados ao perfil da obsessão, que pode ser observado no personagem da trama que age de maneira dissimulada e metódica para afastar possíveis incômodos aos seus planos, usando de camuflagem argumentativa para limpar evidências de seus atos. 

A incompetência sentimental é um dos grandes poderes destrutivos no ser humano, onde a inexistência de si e o transporte de elementos próprios a terceiros, o torna algo indefinido, porém possuem formas de tratamento: AUTOCRÍTICA e TRATAMENTO COM PROFISSIONAL DA ÁREA. 

Questões como estas também são abordadas com intercorrência em constituições de relacionamentos como é visto através deste link:

https://boyslovebrasil.com/2020/02/10/formula-ultrapassada-comportamentos-e-atitudes-toxicas-em-bls/

Mendigar sentimento é o pior ato de depreciação que um ser humano pode exercer, porque insistir por algo que não gerará frutos positivos? O que é bom vem da maneira mais natural possível, então, valorize-se!