8.0
Nota Geral

Pontos Fortes

  • Enredo
  • Atuação

Pontos Fracos

  • Trilha sonora
  • Cenografia
Enredo
9
Atuação
9
Trilha sonora
8
Cenografia
8

Resumo do Review

Entre memórias do passado e incertezas sobre o futuro, Dean e Pharm tentam encontrar forças no amor que sentem um pelo outro.

Olá, meus unicórnios, tudo bom?

  Hoje nós vamos para mais um review da série Until We Meet Again, tivemos várias emoções nesses dois últimos episódios e mimos do nosso casal secundário. Pronto para lembrar das partes mais emocionates dos episódios 13 e 14? 

Episódio 13:

  O episódio já se inicia com In e Korn, como sempre In arruma uma forma de roubar um beijo do seu amado, quem perde tempo é relógio velho, certo? Certissímo. Mas depois disso, ele fala sobre ir em uma balsa com Korn, mas o mesmo diz que levaria In em todos os lugares que quisesse, porém quando tivessem mais liberdade.

  E temos Pharm contando para Dean sobre ter essa lembrança de In e Korn, contudo podemos notar claramente que Dean ficou irritado e rapidamente mudou de assunto, dizendo que não tinha nada semelhante entre a lembrança e o presente deles.

  Agora vamos de mais migalhas de WinTeam, Team conta que comprou Lay’s para todos na roda, mas Dean e Pharm não demoraram muito e foram para o quarto, deixando os outros na mesa, incluindo esse casal ao qual cada episódio ficamos sedentos por mais interações.

  Temos que admitir algo, Dean que criou a frase “eu que lute”, apesar de trocarem beijos e carícias a noite inteira, não chegaram nos finalmentes. Talvez na próxima, Dean, não desista, Su su na.

  Essa com certeza foi a cena que fez todo mundo surtar, tentem negar e falhem. Demorou, mas fomos abençoados. Eles começaram como quem não quer nada, típico do casal, mas então Team diz que Win só leva as coisas na brincadeira, insinuando que não queria nada sério com ele. Eis que Win solta um “Nesse mundo você pode ter medo de qualquer coisa, eu sempre estarei ao seu lado. Mas você não pode ter medo de mim. Especialmente do que eu sinto por você”, se ele tinha qualquer dúvida do que sentia pelo Win, foi confirmado naquele momento, apesar de viverem brigando, eles se gostam e não é pouco.

  Na manhã seguinte, após a noite de amassos, Pharm observa Dean dormindo e sente curiosidade sobre a tatuagem que ele tinha dito que fez, então Pharm pensou que seria uma boa ideia abaixar as calças de seu namorado. Ledo engano, Dean acordou bem na hora e logo começou toda a fofura que é o casal logo após Dean mostrou sua tatto.

  Casal ícone? Estamos falando de WinTeam, não demorou muito pra começarem a zoar Dean e Pharm assim que eles se sentaram na mesa, fazendo brincadeiras sobre renovarem as forças e se manterem nutridos, pois poderiam ficar cansados demais. Pra quê inimigos quando temos esse casal né, amades?

  Logo após isso, eles foram para a cachoeira, e mais momentos cômicos. Team tira sua camisa, mas não deixa Pharm fazer o mesmo devido as marcas em seu corpo, entretanto, pouco tempo depois Pharm notou uma marca vermelha no pescoço de Team (a noite lucrou né amigos), então ele entra num surto interno e diz que deve ser apenas um mosquito, “nada demais”. Aliás, um mosquito muito lindo, como faço pra achar um também?

  Depois de passarem um tempo se divertindo na água, a mãe de Pharm o liga dizendo que seu avô estava mal e que seu tio entraria em contato com ele para visitarem o avô juntos.

  E finalmente voltaram para a casa, Dean levou o Pharm para casa, pensando que não teria ninguém quando chegassem. Mas assim que abriram a porta, eles deram de cara com Alin, mãe de Dean e sobrinha de Intouch. Claramente ficaram em choque e Pharm ficou tão emocionado quando reconheceu Alin que desmaiou. 

  Não tinha como encerrar o episódio sem falar desse comercial da Lay’s que já virou uma marca de WinTeam, mimos? Fomos nós que pedimos sim!

Episódio 14:

  Começamos o episódio com In e Alin, num diálogo totalmente descontraído, mesmo Alin sendo bem nova, ela sabe que ama In, até casamento já quis propor, não julgo. E In conta sorrindo que não poderia casar com ela, pois já amava uma pessoa, então Alin pergunta se ele casaria com essa pessoa e é triste notar que mesmo o In querendo com todas as forças, isso não seria possível.

  E vamos para Pharm sendo acordado por Dean e percebendo que Alin ainda estava ali, logo pede que Dean o leve para casa. Mas a mesma oferece sua residência para Pharm dormir, já que estava muito tarde para voltarem, então ele não conseguiu mais segurar as lágrimas e abraçou Alin que começou a chorar, ela estava aflita com toda a situação, mas mesmo assim o abraçou.

  Assim que Pharm entrou no quarto do Dean, não conseguiu se controlar mais e começou a chorar sem parar, ele não sabia o que fazer, a dor era tão forte, só sabia chorar e dizer que sentia falta de Alin e In estava triste porque ela não lembrava de nada.

  Mas Alin lembrava, e muito bem, ela amava demais seu tio para esquecer assim, mas como isso seria possível? Como poderíam duas histórias estarem conectadas? Alin, apesar de estar com uma confusão interna, lembrou e sentiu falta de In.

  Pharm tentou se acalmar indo tomar banho, mas logo voltou a chorar, a dor ainda era intensa. Dean percebendo, entrou na banheira com a intenção de fazer seu amado ficar mais leve, e no meio de carinhos, o assunto sobre o pai de Dean surge, Pharm tinha dúvidas se o pai de Dean aceitaria o amor dos dois, mas mesmo que não aceitasse, ele garantiu que não abandonaria Pharm. 

  Não poderia faltar cenas desse casal que nos arranca várias lágrimas. Dessa vez, temos In e Korn comemorando seu 1° aniversário de namoro, mas não durou muito e Korn teve de começar a se arrumar para voltar para o mundo onde precisava esconder o que sentia e por quem sentia, porém não antes de dar um beijo bem demorado em In. Os dois ficam em silêncio enquanto Korn se arrumava, mas no meio de tantas palavras não ditas, o medo de descobrirem o amor deles, a vontade de ter mais, de poderem estar juntos sem esse receio de voltar na hora certa, eles queriam e mereciam mais.

  Pharm teve outro pesadelo, dessa vez com a lembrança do pai de In descobrindo que seu filho ainda estava encontrando o filho do mafioso que odiava, então ele acorda, mas achando que era o In, então Dean tenta fazê-lo voltar a consciência e consegue o acalmar novamente.

  Finalmente Pharm conheceu o pai de Dean, e na mesa não precisavam nem de palavras pra perceber o quão tensos todos estavam, então esse silêncio seguiu durante um longo tempo, até Dean criar coragem e dizer para seu pai que Pharm era a pessoa que ele ama. Mais silêncio, até seu pai tentar manter a postura de super rígido e perguntar se tinham certeza sobre isso e se eles estariam preparados para o que iam enfrentar, e após ter certeza, tudo ficou bem na mesa, ambas as partes ficaram aliviadas.

  Então, o flashback da conversa de Alin e seu marido, onde ela conta sobre Pharm e ele conta sobre sua conversa com An, mãe de Alin, e diz que não teria como ficar contra o próprio filho, pois o mesmo tinha acontecido com eles quando eram mais novos e ele não queria que acontecesse o mesmo.

  Agora num momento mais descontraído, Pharm mais uma vez está cozinhando para todos, Dean espera seus irmãos saírem da cozinha para dizer para Pharm que como seria feriado no próximo final de semana, ele dormiria em seu apartamento e dessa vez, eles não iam dormir. Agora vai, os dias de espera terminaram, será senhor Dean? Aguardamos.