E aí, seus lindos? Prontos para mais um ranking de personagens babacas em bls?

Lembrando que o primeiro lugar é o mais babaca de todos e o quinto lugar é o babaca tolerável.

1º lugar: Gu Hai, Addicted

Para quem já assistiu Addicted, não é nenhuma surpresa encontrar esse personagem nessa listinha. Gu Hai é um personagem que tem suas qualidades, ele protege as pessoas que ama e faz de tudo por essas pessoas, mas não podemos esquecer que ele é meio obsessivo, não respeita as escolhas do personagem Bai Luo Yin e o assedia constantemente.

Num falei que ele era meio obsessivo?

2º lugar: Waii, Water Boyy

Então, o personagem Waii pode ser definido de duas maneiras: homofóbico e inconsequente. Waii, não aprova o relacionamento de seu pai com outro rapaz e desmerece a capacidade do mesmo em cuidar de seu irmão mais novo. E ao receber conselhos de um colega do clube de natação, Apo, tem um surto de raiva e o assedia sexualmente, como uma forma de dizer “já que você aprova o comportamento do meu pai, você deve ser igual a ele”.

Até hoje não entendi essa cena na série. Sem necessidade.

3º lugar: Park, 2 Moons2

Stalker, menino irritante e sonso. O Park é assim. Após o Wayo ganhar o concurso e se tornar a Lua da Universidade, ele ganha muitos fãs e infelizmente um deles é o Park. Um rapaz bem chato que apesar de receber muitos “nãos” às suas investidas, “não larga o osso” e ultrapassa os limites de respeito ao espaço pessoal de uma pessoa ao ponto de invadir o quarto do Wayo enquanto dormia e tirar fotos. Creepy demais!!!

Ô menino irritante!

4º lugar: Pob, Slam Dance

Pob é aquela velha história: Não mexa na masculinidade de um homem. Depois de uma noite de amor com o (meu querido) Nick, Pob se arrepende e começa a ser violento com o Nick para não ser taxado de gay pelos outros colegas do clube de luta esportiva, já que os mesmos ficavam zoando os dois por estarem sempre próximos.

Pob, aceita que dói menos!

5º lugar: Knock, Together With Me

Alerta: Aqui temos drama, muito drama. Knock, após uma noite de bebedeira, dorme com seu melhor amigo de infância, o que gera conflitos em sua cabeça. Ok, até aí é compreensível, ele está descobrindo sua sexualidade. Mas depois, o Knock não dá mais sossego para o Korn, não se decide com quem vai ficar e fica iludindo o pobre rapaz apaixonado do Korn. Ainda tem a namorada insuportável do Knock, que fica envenenando ele sobre o Korn. Pelo menos, ele toma juízo e vai reconquistar o amor de Korn, nosso homem lindo e maravilhoso!

Tenha santa paciência pra aguentar as reviravoltas nessa série! Mas recomendo total!