9.0
Nota Geral

Pontos Fortes

  • Atuação
  • Enredo
  • Trilha sonora

Pontos Fracos

  • Cenografia
Atuação
9
Enredo
9
Trilha sonora
9
Cenografia
8

Resumo do Review

E estamos chegando ao final de uma série que com certeza vai deixar saudades.

Olá, meus unicórnios, tudo bom?

  Hoje vamos para nosso penúltimo review dessa série que foi literalmente uma montanha-russa de emoções. Esse episódio 16 nos proporcionou várias lágrimas e nos deixou com o coração na mão para o tão esperado episódio final. Prontos?

  O episódio se inicia com uma cena emocionante, o nascimento de Pharm. Seu tio Krit estava esperando do lado, quando a enfermeira chegou e lhe disse que era um menino, então ele soletrou o nome de Pharm para ela, decidindo assim que ele se chamaria assim.

  Nessa situação temos Pharm, Sin e Krit na mesa. Krit estava curioso sobre seu sobrinho e Pharm, por sua vez, estava curioso para saber mais sobre a família de seu pai. Ligando os pontos, Kard, o irmão caçula de Krit e de Korn, era o pai de Pharm. Ele acabou descobrindo que o seu nome não foi escolhido por Krit, mas sim por seu outro tio que Krit sem mencionar o nome disse que já tinha falecido depois de seu filho, Sin, perguntar o por que dele não estar presente. Pharm não sabia nada do passado de Korn e In, então não percebeu que na verdade ele estava na frente do irmão da pessoa que lhe tirava o sono e paz, e que Korn era seu tio.

  Nessa cena temos os três irmãos reunidos: Korn, Krit e Kard. Depois que Kard pede o doce que está na mãos de Korn e o mesmo recusa por ter sido um presente da pessoa que ele ama, Korn pergunta sobre a tarefa de seus irmãos e Kard responde que a dele é sobre o significado dos nomes de seus parentes e fala sobre como não acha legal ter o nome com as mesmas iniciais que de seus irmãos e seus filhos não teriam o nome com as mesma letra no começo e então podemos ver o momento que Korn escolhe o nome “Pharm” e sobre o significado ser força, ele seria alguém que superaria os obstáculos. E Krit escolhe o nome “Phoom” para implicar com seu irmão que não queria que seus filhos tivessem os nomes parecidos. Depois disso, começam a fazer cosquinha no mais novo, é nítido perceber que apesar de tudo, eles se amavam muito.

   Não tinha um minuto da sua vida que o pai de Korn não sentisse remorso por tudo que causou ao seu filho, mas arrependimento não traria Korn de volta e nem faria Kard perdoa-lo por tirar a pessoa que ele mais admirava. Krit ainda tenta convencê-lo a entrar no quarto de hospital onde estava Kard, sua esposa e seu filho mas ele sabia que não era bem vindo lá, e por isso após conversar com Krit, ele se retirou do local.

  No caminho para casa de Krit e Sin, Dean mandou mensagem para o Pharm perguntando onde ele estava e que estaria indo logo atrás para encontrá-lo. Após chegarem na casa, Sin deixa Pharm livre pra andar pela casa e utilizar a biblioteca de seu avô. Depois que se separaram, Sin encontra com seu pai e não perde tempo para perguntar o nome do seu primeiro irmão que morreu, de início Krit não queria dizer, mas acabou falando e Sin lembrou então da conversa com um dos membros da polícia sobre não ter conseguido adquirir informações sobre Korn, somente sobre Intouch. Seu pai diz que não escondeu informações, apenas não queria que seu filho odiasse o próprio avô por ele ter sido a causa da morte de Korn e In, ele foi contra e isso fez eles se suicidarem. Ele queria que seu filho amasse seu namorado, Sorn, sem medo de que algo assim acontecesse com eles também.

  Passando pelos livros de seu avô, Pharm acaba achando um livro com o nome de Korn, ao lado tinha uma caixa e quando ele pegou, acabou caindo o álbum de fotos da família. Pharm pega e começa a folhear, então acha a foto de Korn. Os sonhos que antes eram vagos, agora são lembranças bem vívidas, mas ao mesmo tempo que tudo fica claro para Pharm, a forma como veio tudo de uma vez deixava ele mais angustiado e confuso. Pharm, no final, acaba achando também a arma que Korn usou e a memória da noite em que tudo aconteceu vem, ele acha em seguida a chave do apartamento, então se levanta com a arma e a chave, saindo da biblioteca.

  Assim que o avô de Pharm chega na biblioteca, após uma ligação de Antika, mãe de Pharm, quando vê a caixa aberta e a foto do seu filho ao lado de Intouch, ele logo percebe e entende tudo. Krit e Sin chegam e perguntam sobre Pharm, Sin vai tentar procurá-lo na casa, mas acaba sabendo que ele saiu com uma arma da casa. Dean estava a caminho da casa de Sin quando ele o ligou e falou que Pharm não estava mais na casa, disse que ele provavelmente viu as coisas de Korn, que era seu tio e, consequentemente, tio de Pharm também. Dean fica perplexo com a informação e assim que desliga a ligação com Sin, logo tenta entrar em contato com Pharm, quando atendeu disse que estava indo para a casa deles e depois de pensar, Dean entendeu para onde seu amado estava indo.

  Mais um flashback do passado, Korn levou In para conhecer um apartamento no intuito de decidirem juntos sobre onde iriam morar, no início In ficou com receio por seu pai não gostar de condomínios e dizer que não era de fato algo da pessoa, mas logo se anima com a ideia e entram no lugar que deveria ser o lar deles.

  O presente repentindo o passado, Pharm estava debaixo da chuva caminhando até o apartamento com a arma na mão, mas sozinho e não com a pessoa que amava como quando In foi na noite em que seu pai descobriu que ainda via Korn. Ele sabia exatamente onde estava indo, mas quando Dean chegou, as lembranças e sentimentos estavam tão fortes em Pharm que era como se In estivesse ali e não ele, Dean tenta levá-lo daquele lugar, mas o sentimento de In era de indignação e raiva pela pessoa que tanto amava ter quebrado a promessa de ficarem juntos para sempre. Então ele posiciona a arma nele e pergunta o que ele faria se ele tivesse o deixado primeiro e naquele momento, era exatamente isso que iria fazer.

  Agora o questionamento, será que foi apenas a rejeição de seu pai que fez Korn se suicidar? Será que houve outros motivos que o levaram a chegar num extremo onde viver não era mais uma opção? 

  Bom meus amores, por hoje é só, espero que tenham gostado. Não percam o último episódio dessa trama que nos fez chorar tanto. Beijos.