• 14/05/2021

Da fruta que você gosta ele chupa até o caroço!

Olá meus bombons de licor, tudo bem com vocês?

Voltamos com mais um review de “Tharn Type The Series 7 Years Of Love” hoje vamos falar sobre o episódio cinco, tivemos ataques de ciúme, mais uma aparição do chefe mais mala do mundo, chameguinho dos nossos casais e muito mais. Sem mais delongas, vamos lá!

Type estava chegando em casa após o seu, digamos que, encontro com a Nana quando foi “pego no flagra” por Tharn — O tanto que eu ri nessa cena — e se assustou com a aparição súbita do namorado, Tharn não demorou a perguntar o que ele havia aprontado e já mostrou o celular com as mensagens que ele trocou com Nana. Type ficou com medo de Tharn ficar irritado com a situação, mas ele assegurou que Type deveria contar primeiramente o que aconteceu.

Type encontrou Nana no lugar de Tharn e já chegou anunciando que era seu namorado. A mulher achou que se passava de uma brincadeira, mas ele deixou bem claro que não estava lá para tal. Explicou com um “quê” bem autoritário que Tharn é gay e não gostava de mulheres — CHO PU CHAI — e além disso, que não curtia “qualquer tipo” de homem, mas sim, apenas Type.

Em casa, Tharn ouviu toda a história com um sorriso maroto nos lábios. Achando toda a situação muito fofa, Tharn ama ver Type com ciúmes — E eu também! Ele já sabia que Nana estava interessada, mas deixou com que Type lidasse com a situação. E enquanto Tharn achava tudo muito fofo, Type estava furioso e com um receio de que ela pudesse deixar Tharn confuso e que “amolecesse seu coração”, já Tharn deixou claro que Type era o único que podia fazer isso com ele. Depois disso ele pegou seu celular e tirou uma foto dos dois, enviou para Nana dizendo que seu namorado havia respondido. Encerrando assim toda situação com a talarica, digo, com a Nana.

Depois disso, os ânimos entre o casal se acalmou e Tharn não demorou a contar sobre o ocorrido ao seu irmão, Thorn. Já na outra casa, Thorn estava com seu amigo Sam, os dois tiveram mais uma “conversa acalorada” sobre como Sam fica de parasita na casa de Thorn é bem engraçada a amizade dos dois, por mais que tenham ofensas podemos notar que se apoiam.

Sam perguntou com quem ele estava conversando sorridente e Thorn o contou que estava falando com Tharn sobre seu namorado, Type. Thorn ficou um pouco surpreso pela reação de Sam, que afirmou que não pensava mais em Tharn do mesmo modo. Agora ele era apenas uma boa lembrança, disse que os dois tinham uma sólida relação de sete anos e que nada mais poderia abalar. — Que evoluído, amei!

De volta ao apartamento de Tharn e Type. Tharn estava trabalhando na sala, quando Type chegou e recebe uma ligação de No, que diz para o amigo correr ao Instagram de Nana. Lá na conta, Type viu um post da mesma agradecendo sobre o tempo em que trabalhou no escritório e respondeu alguns comentários que perguntavam o porquê da saída dela. Type viu a publicação com um sorriso vitorioso nos lábios e comentou agradecendo a Naná por entender a situação. Observando a movimentação por cima do ombro do namorado, Tharn sorria.

De repente, fomos levados a um flashback, ao dia em que No viu Tharn com Nana no shopping. Na verdade os dois conversaram naquela ocasião, e No alertou Tharn sobre a possível traição a Type e o que ele faria se descobrisse. Tharn assegurou que não era nada demais e pediu ajuda de No para deixar seu namorado com ciúmes. — ERA TUDO UM PLANO! Eu fiquei pasma.

No hospital, Fiat levou algumas marmitas para Type e também aos demais médicos e enfermeiros. Este que demorou um pouco a aceitar a oferta, mas depois de uma fofa insistência do mais novo pegou o presente. A conversa dos dois foi interrompida pelo assistente do chefe de Type, que disse que seu superior o esperava em sua sala.

Já na sala com o chefe, Type ouviu que sua licença foi recusada. O doutor explicou que estava com pouco pessoal, por isso, teve de recusar o pedido. Type tentou rebater, mas acabou por aceitar a decisão.

Na cena seguinte, Fiat, Leo e mais dois amigos do time de basquete estavam em um restaurante comendo, mas Fiat não saía do celular e isso estava incomodando Leo e os demais na mesa, que o pediam para largar o celular e comer. Depois de alguma insistência ele acabou fazendo isso, algum tempo após, os quatro se separaram e Fiat foi agradecer a Leo sobre ter tirado o fígado de porco que colocaram eu seu prato enquanto comiam, dizendo que Leo era muito atencioso com ele. Enquanto fazia isso, deu um pequeno pulo sobre o amigo, então Leo o alertou para ter cuidado com o joelho.

Ainda focado no celular, Fiat fez com que Leo pegasse seu celular para que ele eles pudessem sair e conversar em paz. E assim foram.

No corredor do apartamento,Type estava tentando explicar ao pai o porquê dele não poder ir visitá-los no feriadão, já que seu chefe não aceitou a licença. O pai de Type estava furioso e sua mãe veio tentar apaziguar a situação. Vendo que podia apanhar da esposa, o pai de Type desligou a ligação e foi conversar com ela.

Ainda no corredor, Type e Phugun começaram a conversar. Vendo que o namorado do amigo não estava muito bem, Phugun perguntou se Type não queria entrar para tomar uma bebida quente, Type demorou um pouco, mas aceitou o convite. Já dentro do apartamento e com um delicioso copo de chocolate quente, Type se abriu e contou o que o estressada tanto, sua discussão com sua chefe. Explicou que queria levar Tharn novamente para casa, para que seu pai e ele pudessem se conhecer e entender melhor, explicou que seu pai desejava uma nora e não um genro e que mesmo com esses sete anos ele ainda não aceitava bem. Phugun contou que sua sogra também não gostava muito dele, mas que seu namorado, Cir, pedia para que ele não pensasse muito sobre, então era isso que ele fazia, a conversa dos dois foi interrompida por Cir, que chegou com a comida que havia ido comprar. Vendo que o namorado de Phugun chegou, Type se retirou e agradeceu pelo chocolate quente.

Cir parecia um pouco enciumado pelo encontro dos dois e também pelo fato de Phugun não poder contar sobre o que conversaram, mas foi compreensivo.

Já no outro apartamento, Tharn partiu direto para o quarto super preocupado com Type, pois Phugun o mandou uma mensagem dizendo que ele não parecia muito bem. Type assegurou que estava bem e perguntou se Phugun tinha tido o que aconteceu, Tharn disse que não e logo depois o namorado se aconchegou em seu ombro.

Na cena seguinte, No estava no restaurante do Champ e conversava com uma garçonete, aproveitando que comia de graça no local pediu o seu “de sempre” e perguntou onde estava o amigo. A bela moça indicou onde ele estava e No foi na direção, chegando lá ele viu que Champ estava acompanhado, por Khunpol. Vendo o encontro No não demorou a contar a Type.

Khunpol e Champ estavam almoçando, então Khun contou a ele sobre um restaurante de frutos do mar em que ele foi e disse que lembrou dele quando comeu um prato especial. Champ ficou todo contente com a informação porém bem envergonhado, Khunpol corrigiu dizendo que lembrou dele pois havia pedido para ele o dizer caso encontrasse algum bom restaurante. Khunpol acrescentou que o levaria lá qualquer dia, mas Champ disse que ele mesmo o levaria, pois ele já trabalhava demais.

Entrando no assunto trabalho, Champ perguntou se ele estava com muitos pacientes e ele afirmou repousando a mão sobre o rosto, depois disso Champ pegou em sua mão dizendo para ele não fazer isso pois ia machucar. — ELES SÃO TÃO FOFOS. O que deixou nosso doutor muito envergonhado!

No hospital, Type e Khunpol se encontraram na lanchonete e começaram a conversar. No meio do papo, Type jogou a ideia de que Khunpol estava saindo às escondidas com um certo cozinheiro, Khunpol perguntou se estava sendo muito óbvio. Type negou, mas disse que na verdade seus amigos que eram burros e que caso ele não fosse claro, Champ não ia notar que Khunpol gostava dele.

Depois disso Type desejou boa sorte e disse que já entregar seus documentos ao chefe. Khunpol ficou no local e ligou para seu tio.

Saindo do hospital, Teeng e Type estavam conversando quando foram abordados por seu chefe, que estava bem nervoso e reclamava sobre Type ficar reclamando de seu trabalho para outras pessoas. Teeng tentou acalmar a situação e tirou os dois de lá.

Já em casa, Type estava muito irritado pela abordagem de seu chefe e começou a reclamar. Vendo que o namorado não estava muito bem Tharn fez um café para que ele se sentisse melhor. Nosso casal deus as mãos e ficaram no chameguinho.

Bom meus bombons de licor, por hoje é só. Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima!

0 Reviews

Write a Review

lay

lay

0 Reviews

Write a Review

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x