Olá, pessoal, tudo bem com vocês? Bom, hoje trago uma resenha sobre o web drama coreano: “Discipline”.

Uma introdução básica: resumidamente, o dorama gira em torno de 5 adolescentes muito diferentes e ao mesmo tempo muito parecidos, já vou explicar. São eles: Hoo, JiHan, EB, Hanna e Tae Woo. Vamos na ordem.

Hoo

Hoo é um cara muito doido, é o típico personagem de filmes norte-americanos que não liga para nada além de curtir a vida, como o clássico Ferris Bueller, porém não se dá bem com sua mãe que trabalha muito e, por isso não possuem muito tempo juntos e isso faz com que Hoo a culpe por não compreender o seus problemas na escola (déficit de atenção), o que me surpreendeu nesta personagem foi o humor muito bipolar e os seus passos de dança, eu não irei colocar Gif nem imagem desta vez, só quem ver vai saber do que eu estou falando, mas vou dizer, o guri dançar muito!!!

Ji-Han

Na sequência temos Ji-Han, o gay. Na verdade, eu achei curioso traduzirem este dorama porque ele não é BL, mas uma série comum que tem um personagem homossexual. Ele é de uma família instável, seus pais são divorciados e ele foi enviado para um colégio interno involuntariamente, ficou sob a guarda paterna e, por “sorte”, seu pai é muito rigoroso e isso faz com que o rapaz tenha medo de se assumir para ele.

O que eu achei interessante e, talvez o aspecto que fez com que eu gostasse desse web drama foi Ji-Han, porque até onde eu sei, aqui faço um parênteses para quem sabe mais sobre isso e peço que fique à vontade em me corrigir, a Coreia, embora seja altamente desenvolvida, urbanizada e tecnológica, ainda é muito conservadora em vários aspectos, entre eles inclui-se a homossexualidade.

E só de ter uma personagem assim e mostrar o lado austero do pai em relação a isso já fez eu gostar e pensar que: as coisas estão mudando, há pessoas tocando nesse assunto e, quem sabe, futuramente se sensibilizando com a causa, ok, me deixem ser Alice pelo menos aqui vai. 

EB

A terceira personagem é EB, a introvertida. Na verdade, eu não tenho muito para dizer a respeito dela pelo simples fato de ser introvertida e não dizer muita coisa. O que se sabe dela é que gosta de fazer desenhos para tatuagens, toca violão e canta muito bem e não é bobinha não, rs. Como assim? “Sexo e amor são coisas totalmente diferentes”, frase dela e eu amei, quem quiser saber mais? Assista! Ah, uma observação: ela me lembrou (aparência) a Ravena dos Titãs por ser um tanto quanto melancólica e, devido ao seu corte de cabelo Indie, eu achei um máximo, e também um pouco parecida com a vocalista de The XX, a Romy.

Hanna

Hanna, depois de Ji-Han é a minha predileta pelo simples fato de eu me identificar? Talvez. Eu ri muito o drama todo, mas nas cenas dela eu senti uma crítica forte para a sociedade juvenil contemporânea, como assim? Vou exemplificar com uma passagem em que ela pede para a EB tirar fotos dela com uma bolsa da Gucci e ela diz “tire logo a foto, pois eu preciso devolver para a loja”, ou seja, é aquele velho caso conhecido por alguns de nós da pessoa que tira somente fotos ostentando, mas em casa come pão com ovo, entendem? 

Mas além disso, a personagem tem o sonho de ser modelo e famosa, eu esqueci de contar que eles são sul coreanos, porém do interior, então isso faz com que Hanna se desloque algumas vezes para a capital, Seul, a fim de obter algum oportunidade de reconhecimento.

Tae Woo

E o último, não menos importante, Tae Woo, bem, eu simplesmente não sei o que dizer. Ele tem quase a mesma personalidade de Hoo, é um inconsequente. Mas, em comparação com o mesmo, é mais racional, se bem que o primeiro episódio me deixou duvidoso sobre isso… A única coisa relevante sobre ele é que ele “gosta” de EB e não a “ama” (?). “Eu não consigo te imaginar dormindo com outro cara” – Tae. Tirem suas próprias conclusões.

Opinião

Bom, minhas primeiras impressões no geral sobre o K-drama são positivas, ele tem um humor legal e as personagens, na medida do possível, são bem desenvolvidas, trata sobre assuntos viscerais como a relação entre pais e filhos na adolescência em específico, na verdade, a temática é a adolescência e os problemas que os jovens enfrentam, seja com a sua sexualidade, reconhecimento, emocionais etc.

É por isso que disse que mesmo diferentes (personalidades), possuem questões a serem resolvidas e também algumas coisas que fazem juntos… ops. Os episódios são curtos, possuem uma duração média de 15 a 17 minutos cada e, na minha opinião, vale a pena ver, ainda mais se você for fã de doramas coreanos.

Se você gostou dessa matéria, por favor, não deixe de curtir e expor a sua opinião. A sua interação é muito importante para a manutenção do site. Além disso, não se esqueça de seguir as nossas plataformas digitais, por lá, você tem acesso a todo o conteúdo produzido pela página como notícias, capítulos de novels, trailers, reviews e tudo mais.

Para acessar o site das Novels Boys Love, clique aqui.

Para acessar o nosso canal do Youtube, clique aqui.

Para nos seguir no Instagram, procure por: @boyslovebrasill ou clique aqui.

Para nos seguir no Facebook, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Twitter, procure por: @bloversbrasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Telegram, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.