9.0
Score

Trago para vocês hoje uma espécie de resenha misturada com um “minhas impressões” de um dorama recém lançado que vem deixando os corações quentinhos de muita gente e dando um toque especial aos sábados desta quarentena.

Bom, iremos conversar sobre “En Of Love” e seu primeiro arco chamado “TOSSARA”. 

Para quem anda desatualizado ou não sabia desta informação. En Of Love é um projeto dos Studio Wabi Sabi, o mesmo responsável por outros lakorns famosos como Love By Chance (2018) e Until We Meet Again (2019).  

Bem, ele foi fragmentado em três partes ou “arcos” e discorre sobre histórias entre garotos que se conhecem e frequentam a mesma universidade. É, na verdade, um clássico dorama Boys Love cuja história narra o romance de estudantes universitários do curso de Engenharia. Obsessão? Talvez. 

Ao todo são 12 episódios, e, pelo fato de haver três arcos, cada um tem apenas quatro episódios para desenvolver sua história. Ou seja, cada casal possui aproximadamente a duração de um filme (de duas horas mais ou menos) para conquistar os nossos corações. 

Não sei o que você, leitor, acha disso, mas penso que é um pouco complicado desenvolver uma história legal e envolvente com uma exígua quantidade de tempo, no entanto não é impossível, certo? Se fosse, não haveria uma vasta variedade de curtas disponíveis na internet e convenhamos que muitas são poderosas e conseguem nos deixar maravilhados. 

Mas eu falei, falei e nem mesmo apresentei para vocês o resumo do primeiro arco e o casal que nela se desenvolve.

Bar à esquerda e Tossakan à direita.

Resumindo para vocês sem muitos spoilers, o primeiro arco de En Of Love chama-se “Tossara” e conforme você vai acompanhando os episódios você entende o porquê do nome. A história discorre sobre o amor de Gun Tossakan por Bar Sarawut. Gun apaixona-se por Bar desde que estava no sétimo ano do fundamental quando eles se encontraram por coincidência na época de Natal quando Gun auxilia na recuperação de um ferimento de Bar. 

No entanto, Bar nem sequer sabia sobre essa paixão de Gun. Bom, esse encontro foi decisivo para Tossakan, ele decide que irá se dedicar bastante, a partir daquele momento, para conquistar o amor de Sarawut. Ele conta para sua mãe sobre sua paixão (pedir a permissão) e ela diz que só iria aceitar o amor deles caso Gun fosse aprovado para o curso de Medicina. O filho aceita condição de sua mãe e inicia o seu trabalho árduo.

Anos depois (sem se ver), ambos se encontram na mesma universidade, agora Bar é um veterano do terceiro ano do curso de Engenharia e Tossakan é um calouro do curso de Medicina. Cumprida a sua parte no acordo com sua mãe, Gun não vê obstáculos para colocar em prática o seu desejo de se aproximar de Bar. 

O conteúdo a seguir pode conter spoilers, caso você ainda não tenha assistido (ou terminado de assistir), por favor, não prossiga. 

Minhas impressões 

Devo confessar que o primeiro episódio foi muito confuso para mim, principalmente pelo fato de eu não saber das informações acima, na verdade, até ontem (literalmente) eu pensei que o projeto era de apenas quatro episódios (Tossara), mas algumas amigas minhas, inclusive gostaria de mandar um beijo para elas, minhas veteranas Kitty e Angel, contaram a ideia do projeto etc. e eu fiquei bem feliz que meus sábados continuariam aconchegantes por mais um tempo.

Bom, voltando, eu achei a história bem confusa e rápida, mas a partir do segundo episódio eu consegui me familiarizar com a trama e terminei o episódio ansioso pelo terceiro (risos). 

No último episódio e como e qualquer despedida, eu enrolei bastante para assistir, mas no fim do dia (madrugada já) eu criei coragem e fui conferir e só posso dizer que eu amei com todas as minhas forças o episódio e o desfecho dos meus meninos Gun e Bar, de verdade.

No geral, como disse antes, achei que foi rápido demais o processo de reencontro entre os dois, mas depois que eles se reencontraram mesmo que a velocidade tenha continuado a mesma, eu consegui acompanhar e me senti confortável assistindo e conhecendo a proposta dos três arcos me fez entender o motivo.

Sobre a história, acho que não tenho muito a dizer, porque foi um clichê. Como assim? Vimos mais um romance entre estudantes universitários tailandeses (e um deles era da Engenharia), na verdade eu até lembrei 2 Moons 2, fãs de Forth e Beam aqui? Bom, mas o que de especial então me fez gostar de Tossara?

Vale a pena?

Acho que o fato do Tossakan estar apaixonado por Bar há tanto tempo e a partir dessa paixão ele abdicar de tudo e correr atrás desse amor, achei isso lindo. Ainda que com certas ressalvas eu ache muito peculiar e sem sentido a mãe dele pedir para que ele entre na universidade para “aceitar” o relacionamento de seu filho, mas não pretendo entrar nessa questão. 

Ah, outra informação importante é a música de abertura, não é sempre que tenho paciência ou gosto pela música de abertura, na verdade acho que muitos pulam como eu, mas a de En Of Love é perfeita! Eu gostei tanto que já até coloquei na minha playlist, além disso, o MV é lindo! Vou deixar aqui embaixo para vocês conferirem.

LINK

Bem, é isso, eu amei Tossara, fiquei apaixonado pelo Win e espero que esses atores produzam muitas outras obras e que sejam bem aceitos pelo Fandom BL.

Se você gostou dessa matéria, por favor, não deixe de curtir e expor a sua opinião. A sua interação é muito importante para a manutenção do site. Além disso, não se esqueça de seguir as nossas plataformas digitais, por lá, você tem acesso a todo o conteúdo produzido pela página como notícias, capítulos de novels, trailers, reviews e tudo mais.

Para acessar o site das Novels Boys Love, clique aqui.

Para acessar o nosso canal do Youtube, clique aqui.

Para nos seguir no Instagram, procure por: @boyslovebrasill ou clique aqui.

Para nos seguir no Facebook, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Twitter, procure por: @bloversbrasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Telegram, procure por: Boys Love Brasil ou cliquei aqui.