KpopMateriaNoticias

Novos herdeiros chegaram no Reino

As portas do Reino se abriram e isso não é um treinamento. Repito aos kpoppers de plantão: isso não é um treinamento!

A emissora MNET sabe como abalar as estruturas, nunca falei se era no sentido bom ou ruim. Durante a famosa premiação MAMA, The Boyz, o vencedor da primeira temporada do programa, se apresentou como dono do trono. Porém, contudo, todavia, entretanto, Ateez e Stray Kids também foram eleitos herdeiros do trono, ou seja, a batalha pela coroa continua e já tem três fortes candidatos.


HyunJin (StrayKids), San (Ateez) e Juyeon (The Boyz)

Mas isso ainda não acabou! 

No dia 28 de janeiro a MNET divulgou outros três nomes poderosos para completar os herdeiros em potencial. Quer saber quem são? Continue a leitura que eu te conto 😉

Se você não sabe do que eu estou falando, don’t worry! 

Primeiro a Rainha

Na verdade, a primeira temporada do programa foi a versão feminina do reality, QUEENdom. Lançado em agosto de 2019, contava com cinco girls group e uma solista; no final todas iriam produzir e estrelar um single único, lançado de forma simultânea, com o objetivo de saber qual delas chegaria ao topo das paradas musicais. 

Durante a exibição do programa elas tinham que se preparar com stages semanais, que contavam com voto do público e online.

As rainhas em potencial eram Mamamoo, AOA, Oh My Girl, (G)-IDLE, Lovelyz e Park Boom. E, chocando um total de zero espectadores, Mamamoo venceu o programa.

Performance final de Mamammo

Mas nem tudo foi flores, a programação foi duramente criticada pela promoção da rivalidade entre mulheres. Em nota, a MNET divulgou que o intuito é “destacar os grandes vocais femininos da Coreia do Sul e quebrar o gelo sobre o paradigma de que artistas não podem lançar músicas ao mesmo tempo para competir entre si”.

A caminho do Reino

Em 2020, fugindo das controvérsias, a Mnet fez a versão masculina. Quero só fazer uma observação, viram que ela sempre “testa” com as meninas e depois faz dos meninos? Curioso né?!

Road to Kingdom ou Caminho do Reino, começou no final de abril de 2020 e com um novo formato, ao invés de pegar os grupos populares, a escolha foi para aqueles sem tanto reconhecimento. O famoso “copia, mas não faz igual”, só que no nível da MNET é difícil prever o que será diferente, e no caso dessa versão: eliminações aconteceriam. Ou seja, aqueles com menos pontos seriam, infelizmente, eliminados, o que trouxe uma certa revolta aos fãs dos grupos.

Nessa primeira entrada ao reino, os grupos foram: Pentagon, ONF, Golden Child, The Boyz, VeriVery, Oneus e TOO.

Resultado de imagem para road to kingdom 2020

Com exceção do ONF, The Boyz e TOO, todos os outros grupos são de empresas que tiveram participação feminina em Queendom.

Toda a estética de preparação e apresentação foi modulada devido a pandemia, por isso, não houve público ao vivo durante as transmissões. As provas no programa eram de suas próprias músicas, covers e, claro, o final teve a exclusiva apresentação da nova música do grupo.

O vencedor foi The Boyz, que conquistou uma popularidade incrível mostrando o seu talento incontestado nas habilidades vocais e de performance. O título de vencedor deu a eles a entrada automática no Reino, no caso Kingdom, a segunda temporada do programa. 

Trouxe a primeira prova oficial dos meninos para mostrar que eles não vieram para brincadeira, detalhe: esse é o vídeo que traz as reações dos outros competidores.

Luta pelo poder do Reino

Como havia falado, durante o MAMA o The Boyz fez a intro dos outros dois novos herdeiros confirmados para o programa. A apresentação deles dispensa qualquer tipo de comentário, então…

THE BOYZ

Não é à toa que eles foram os vencedores da primeira temporada.

ATEEZ

STRAY KIDS

Eu até agora não superei tudo isso, mas para mostrar como a luta será difícil temos aqui a performance dos dancers de cada grupo:

E agora os últimos grupos a entrarem no reino e disputar a coroa:

BTOB (2013) vão ser os sunbaes dos meninos, ou seja, o grupo que debutou a mais tempo. Vai ser o mesmo “papel” do Pentagom e temos outra curiosidade: eles são da mesma empresa, Cube.

Ikon (2015)

Confesso que tanto a escolha do BTOB como do Ikon foram completamente aleatórias, pelo menos para mim. O Ikon é um boygroup da YG e não sei o que esperar, sério, tô sem palavras.

E por último mas não menos importante:

SF9 (2016) o primeiro boygroup da FNC, mesma empresa da AOA. Eles já vieram ao Brasil e tem um lugarzinho muito especial no meu coração, mas vai ser difícil já que Stray Kids também habita nesse espaço.

É isso, eu mal posso esperar pelo lançamento do programa!

Beijos e Beijos Kim Nana.

Fonte: Queendom e Road to Kingdom.

Não se esqueça de seguir as redes sociais da Boys Love Brasil:

Facebook: @grupoblb

Twitter: @boyslovebrasil

YouTube: Boys Love Brasil

Instagram: @boyslovebrasil

Telegram: @boyslovebrasil1

Nossa loja: lojablb.com

Kim Nana

Canceriana de Curitiba, 22 anos. Jornalista, apaixonada por livros, mangás, manhwa, hq, séries, filmes, doramas, lakrons, documentários e tudo mais. Stay Aroha = Kpoper multifandom. Contado as horas para o debut do Treasure. "Não sou louco, apenas minha realidade é diferente da sua" - Cheshire Cat

Comente e deixe a gente Feliz

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Bloqueador de Anuncio Detectado

Dê uma forcinha pra gente e desative seu addblock <3
%d blogueiros gostam disto: